Anúncios

Edição Atual

v. 11 n. 1 (2022): APRENDIZAGEM CRIATIVA: POSSIBILIDADES E POTENCIALIDADES PARA A EDUCAÇÃO
Capa: imagem de uma caixa aberta vista de cima com dados da edição.

As mudanças sociais desencadeadas pelo desenvolvimento tecnológico fazem com que as práticas educacionais tradicionais, moldadas para uma sociedade que deixou de existir, deem lugar a novas práticas. O uso de metodologias ativas centradas no aluno, no desenvolvimento de projetos, na resolução de problemas, na gamificação, entre outros aspectos, tem recebido especial atenção. Contudo, a abordagem pedagógica adotada no uso destas metodologias muitas vezes permanece instrucional e com pouco protagonismo por parte do aluno. O desenvolvimento das novas habilidades necessárias para a sociedade em que vivemos depende da adoção de uma abordagem pedagógica que permita ao aluno aprender a aprender e aprender a conviver. A abordagem pedagógica da Aprendizagem Criativa, proposta pelo grupo de trabalho Lifelong Kindergarten do MIT Media Lab, defende a criação de experiências de aprendizagem baseadas em um processo educacional em forma de espiral, no qual o aluno imagina, cria, brinca, compartilha e reflete, gerando novas ideias e reiniciando o processo. Para que este processo aconteça, a abordagem se sustenta na utilização de: "Projetos" definidos em acordo entre professores e alunos, que de alguma forma despertem o interesse e respeitem a "Paixão" dos alunos, que desenvolvem e compartilham suas descobertas em "Pares" e que permitam a experimentação, o erro em um "Pensar brincando". A Aprendizagem Criativa dá sequência ao Construcionismo de Seymour Papert, para o qual o aluno constrói seu conhecimento de forma mais relevante quando está construindo algo. Assim, este dossiê buscou abranger trabalhos resultantes de práticas, pesquisas teóricas e/ou empíricas que utilizam os conceitos da Aprendizagem Criativa no desenho de experiências de aprendizagem.

Organizadores:

Prof. Dra. Carolina Campos Rodeghiero (MIT/IFRS) e Prof. Dr. André Peres (IFRS)

 

Arte de capa: Fotografia de Cimara Valim de Melo (2022)

Publicado: 2022-07-01

Apresentação

Dossiê

Seção Livre

Espaço Plural

Ver Todas as Edições

#Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia é um periódico de acesso livre do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com publicação semestral. Seu propósito é divulgar a produção científica de pesquisadores brasileiros e estrangeiros, propiciando um diálogo entre os diferentes campos da educação, em suas relações com a ciência e a tecnologia. Publica artigos científicos, resenhas, relatos de experiência pedagógica, entre outras contribuições acadêmicas, em Português, Inglês e Espanhol.

O tear representa, nas culturas orientais, a estrutura e o movimento do universo em processo de (re)criação contínua. Do tear vem o trabalho de tecelagem, o qual é composto de múltiplos fios que, juntos, formam uma rede pelas mãos do tecelão. Dessa forma, a revista Tear busca ser uma fonte geradora de redes de conhecimento em educação, ciência e tecnologia, as quais são construídas e reconstruídas pelas mãos e pelas mentes daqueles que o tecem – os pesquisadores.