Um relato de experiência no ensino de funções quadráticas com a utilização do software Geogebra

Palavras-chave: Geogebra, Funções Quadráticas, Investigação

Resumo

Este trabalho teve como objetivo investigar a utilização do software Geogebra no ensino de funções quadráticas, em uma turma do 9° ano do Ensino Fundamental de uma escola pública, analisando como as mídias tecnológicas e a investigação podem ser metodologias muito eficazes no desenvolvimento do aluno em relação à aprendizagem dos conteúdos matemáticos. Foi introduzido o conteúdo de funções quadráticas e algumas atividades referentes à construção de gráficos, que foram realizadas no caderno. Posteriormente, foi apresentado aos alunos o software Geogebra. Conclui-se que a eficácia da utilização de uma metodologia diferenciada no ensino, como o uso do software, de maneira organizada e em conjunto com o conteúdo base dos alunos, torna-se uma ferramenta importante no entendimento dos conteúdos, despertando maior interesse por eles.

Biografia do Autor

José Robyson Aggio Molinari, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO), Irati, PR

Profº Robyson Aggio

Departamento de Matemática

Universidade Estadual do Centro-Oeste

Referências

FERNANDES, V. M. J.; MARZAGÃO, A. V.; SANTOS, M. E. K. L. Professor tutor e as técnicas utilizadas para avaliação do aluno na modalidade EAD. Revista REnCiMa, v. 8, n. 5, p. 99-113, 2017.

INFORSATO A. P. Atividades Investigativas com Software de Geometria Dinâmica. In: XXI Congresso de iniciação científica da UNESP. São José do Rio preto, UNESP 2009.

LIMA, E. L. A Matemática do Ensino Médio. v. 1. 9. ed. Rio de Janeiro: SBM, 2006. Coleção do Professor de Matemática.

MALTEMPI, M. V. Construcionismo: Um pano de fundo para pesquisas em informática aplicada à educação matemática. v. 1. 1. ed. São Paulo, SP: Cortez, 2005, p. 264-282.

MOLINARI, J. R. A. Números Primos e a Criptografia RSA. Ponta Grossa, 2016. 56 f. Dissertação (Mestrado em Matemática) – Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2016.

MORAN, J. M. Desafios na comunicação pessoal. 3. ed. São Paulo: Paulinas, 2007, p. 162-166.

PONTE, J. P. M.; BROCARDO, J.; OLIVEIRA, H. Investigações matemáticas na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

REHFELDT, M. J. H.; NEIDE, I. G.; BÖCKEL, W. J.; BROILO, A. P.; PISCHING, I; HEINEN, C. A.; KÖNIG, R. I. Modelagem matemática no Ensino Médio: uma possibilidade de aprendizagem a partir de contas de água. Revista REnCiMA, v. 9, n. 1, p. 103-121, 2018.

SEED. Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Diretrizes curriculares de Matemática para a educação básica. Curitiba, 2008.

VALENTE, J. A. O uso inteligente do computador na educação. Revista Pátio, ano l, n. 1, maio-jul., 1997.

VALENTE, J. A. A informática na educação: conformar ou transformar a escola. Perspectiva. Florianópolis, UFSC/CED, NUP, n. 24, p. 41-49, 1996.

Publicado
2019-07-01
Seção
Matemática em Contextos Técnicos e/ou Tecnológicos