Sobre a Revista

Foco e Escopo

A REMAT tem como missão compartilhar pesquisas nas áreas de Educação Matemática e de Matemática. O periódico visa a publicação e a disseminação de produções originais de professores e pesquisadores.

Seções

1. Educação Matemática
Artigos que apresentam resultados originais, parciais ou finais, de pesquisas científicas na área de Educação Matemática, relacionados com o Ensino de Matemática e com a Formação Inicial ou Continuada de Professores de Matemática nos mais diversos níveis e modalidades.

2. Matemática
Artigos que apresentam resultados originais, parciais ou finais, de pesquisas científicas na área de Matemática Aplicada, com interfaces em outras Ciências, nos mais diferentes contextos, incluindo técnicos e tecnológicos. E, na área de Matemática Pura, além de resultados originais, parciais ou finais de pesquisas científicas, artigos de divulgação matemática que apresentam nova ótica para problemas de Matemática ou tópicos ausentes, em geral, em cursos de Matemática.

Processo Editorial

Os manuscritos são inicialmente avaliados pelo Editor-chefe quanto à adequação ao foco, escopo, seção e normas da revista, conforme Diretrizes para Autores. Manuscritos que não atendem ao foco e ao escopo da revista são rejeitados. No caso de outras inconsistências, uma lista de pendências é enviada para o autor correspondente, sugerindo adequações. Caso o autor não retorne no prazo estipulado, a submissão é arquivada.

O Editor-chefe designa as submissões aos Editores de Seção, de acordo com as áreas de atuação, para o processo de avaliação.

O Editor de Seção verifica a adequação do manuscrito ao foco, escopo, seção da revista e analisa as questões de plágio e autoplágio, a partir da ferramenta CopySpider. Nesta etapa, adequações podem ser solicitadas ao autor correspondente ou o manuscrito pode ser rejeitado.

Após estas verificações, os manuscritos submetidos à REMAT são avaliados por pelo menos dois Avaliadores Ad Hoc, designados de acordo com sua área de interesse, provenientes de instituição diferente daquela dos autores, em um processo duplamente cego, no qual os manuscritos são analisados em relação aos seguintes aspectos:

  1. A temática escolhida pelo autor está inserida na área de estudo em que se encontra?
  2. O resumo evidencia o âmbito da pesquisa, seus principais objetivos, o referencial teórico-metodológico, resultados e conclusões, possibilitando ao leitor compreender de forma ampla o que é discutido no texto?
  3. Os objetivos do estudo estão apresentados no texto e encontram-se articulados de forma a contribuir no alcance proposto pelo autor?
  4. O artigo apresenta caracterização metodológica, materiais e métodos utilizados no estudo de tal forma a contribuir na construção e posterior análise dos dados?
  5. Os resultados do estudo estão apresentados e discutidos de forma articulada com os referenciais teórico e metodológico delineados no texto?
  6. É possível, por meio da leitura do texto, constatar coerência e articulação entre a teorização utilizada pelo autor e as ideias desenvolvidas por ele?
  7. Há referências que possam ser indicadas ao autor para colaborar na construção de conteúdo do artigo?
  8. Há trechos com violação de direito autoral?

O Avaliador Ad Hoc preenche um formulário de parecer direcionado ao Editor de Seção aceitando, recusando ou recomendando correções e/ou adequações necessárias. Cada avaliador tem o prazo de quatorze (14) dias para realizar a avaliação.

No caso de solicitação de alterações no manuscrito, este é reencaminhado ao autor correspondente para que efetue as correções solicitadas no prazo de quinze (15) dias corridos, quando deve reapresentar o manuscrito com as alterações. Em caso de não reapresentação do manuscrito no prazo determinado, a submissão é arquivada.

O processo de avaliação por pares preserva a identidade dos autores e suas afiliações, bem como dos Avaliadores Ad Hoc. A escolha dos Avaliadores é realizada de acordo com análise de currículo e áreas de interesse do Avaliador.

Para fazer parte do nosso corpo de Avaliadores Ad Hoc, é necessário possuir o título de mestre, ter formação na área da Matemática ou áreas afins e ter expertise na área de atuação da REMAT em que sua avaliação está sendo requisitada, comprovados por meio do currículo Lattes ou do ORCID. Avaliadores estrangeiros, que não possuam Lattes ou ORCID, deverão enviar outra forma de currículo para análise.

Para o parecer final, os Editores de Seção podem consultar ainda os membros do Conselho Editorial Consultivo da REMAT, que tem por função garantir a qualidade e o rigor científico do que é publicado na revista.

A decisão editorial é então comunicada pelo Editor de Seção ao autor correspondente.

Em caso de identificação de plágio no artigo, em qualquer etapa do processo, o manuscrito é rejeitado e a submissão é arquivada. Plágio é considerado crime de violação de direito autoral previsto no Código Penal Brasileiro e na Lei Nº 9.610.

Tipos de citação, conforme ABNT NBR 10520 (2002):

  1. Citação direta: Transcrição de parte da obra do autor consultado.
  2. Citação indireta: Texto baseado na obra do autor consultado.
  3. Citação de citação: Citação, direta ou indireta, de um texto em que não se teve acesso ao original.

No caso da utilização de ideias próprias já publicadas, que sejam de extrema importância no manuscrito submetido, a Comissão Editorial da REMAT permite até três (3) autocitações.

A REMAT publica somente artigos inéditos e que não estejam sob avaliação em nenhum outro periódico científico. Caso seja identificada a publicação ou submissão simultânea a outro periódico o artigo é desconsiderado pelos editores.

Após a aprovação, o manuscrito passa por revisão linguística realizada pelos Revisores de Texto. A revisão linguística é realizada por revisores graduados em Letras e especializados em língua inglesa e espanhola. Cada Revisor tem o prazo de quatorze (14) dias para atender a solicitação. O autor correspondente realiza as adequações solicitadas, em um prazo de sete (7) dias, e o manuscrito é encaminhado para a Edição de Layout. Nesta etapa o manuscrito passa novamente pela verificação de plágio com a ferramenta iThenticate. O autor tem o prazo de 24 horas para realizar a Leitura de Provas. Caso não haja retorno do autor nesta etapa, o manuscrito é automaticamente encaminhado para publicação.

Não são admitidos acréscimos ou modificações no texto após a aprovação final.

Cada autor poderá publicar no máximo um artigo por edição.

Pelo menos um dos autores, no ato da submissão do manuscrito, deverá ter o título de mestre.

O tempo para a conclusão de uma avaliação, considerando a data de submissão e a data de aceite, não deve exceder seis (6) meses.

Fluxograma do Processo Editorial da REMAT

Declaração de Conflito de Interesses, Originalidade, Ineditismo e Autoria

O autor correspondente deve submeter, juntamente com o manuscrito, a Declaração de Conflito de Interesses, Originalidade, Ineditismo e Autoria (formato PDF, formato DOCX), preenchida e assinada por todos os autores. Os autores assumem a responsabilidade pública pelo seu conteúdo, declaram que o manuscrito é original e inédito e não foi submetido a outro periódico. Declaram, ainda, anuência acerca do Processo Editorial, Diretrizes para Autores e Declaração de Direito Autoral, que se aplicará em caso de publicação do manuscrito, ciência de que cada autor poderá ter no máximo um artigo publicado por edição e que pelo menos um dos autores tem o título de mestre.

A REMAT adota o sistema de especificação CRediT (Contributor Roles Taxonomy), mantido pelo Consortia for Advancing Standards in Research Administration Information (CASRAI), a fim de promover a transparência em relação às contribuições individuais dos autores nos artigos publicados. O sistema CRediT permite que múltiplas formas de autoria ou de contribuição sejam atribuídas a um único autor, sendo elas: administração do projeto, análise formal, conceituação, curadoria de dados, escrita – primeira redação, escrita – revisão e edição, investigação, metodologia, obtenção de financiamento, recursos, software, supervisão, validação e visualização. Independente da forma de contribuição dos autores, todos são igualmente responsáveis pelo artigo.

Periodicidade

A REMAT adota o sistema de publicações em fluxo contínuo (rolling pass), sendo organizada em dois números anuais.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Sistema de Editoração

A revista usa o Open Journal Systems (OJS 3.3.0.7), sistema de código livre gratuito para a administração e a publicação de revistas, desenvolvido com suporte e distribuição pelo Public Knowledge Project (PKP) sob a licença GNU General Public License

Política de Preservação Digital

A REMAT é hospedada no Portal de Periódicos do IFRS, o que garante a preservação de seu conteúdo digital a partir de cópias de segurança realizadas periodicamente pelo IFRS, além do Portal fazer parte dos Portais de Periódicos Preservados pela Rede Brasileira de Serviços de Preservação Digital (Rede Cariniana). Como iniciativa do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), a Rede Cariniana faz parte do programa Lots of Copies Keep Stuff Safe (LOCKSS), da Stanford University, EUA, que fornece software livre de preservação digital para bibliotecas e editoras, com vistas à preservação de conteúdos digitais permanentes e originais, assim como à garantia de acesso a esses acervos.

Fontes de Indexação

Google Acadêmico

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

Portal Brasileiro de Publicações Científicas em Acesso Aberto - oasisbr

LivRe - Revistas de Livre Acesso

Sumarios.org - Sumários de Revistas Brasileiras

DOAJ - Directory of Open Access Journals

Portal de Periódicos - CAPES

LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

RCAAP - Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal

MIAR - Information Matrix for the Analysis of Journals

BASE - Bielefeld Academic Search Engine

Histórico do Periódico

A REMAT teve início em 2015, com um grupo de professores do Campus Caxias do Sul do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), com o papel de publicizar produções originais com enfoque no Ensino de Matemática, Matemática Aplicada e/ou Matemática Pura, bem como divulgar pesquisas que versassem sobre o uso de tecnologias digitais e suas contribuições para estes campos do conhecimento.

Foram publicadas duas edições em 2015. A primeira totalmente vinculada à Semana Acadêmica do Curso de Licenciatura em Matemática do Campus Caxias do Sul do IFRS, publicada em setembro de 2015, e a segunda com artigos provindos de diferentes instituições de ensino, publicada em janeiro de 2016.

Em 2016, a REMAT passou a apresentar uma seção especial dedicada à Matemática aplicada nos Institutos Federais, tanto a nível de pesquisa científica quanto a nível de práticas de ensino desenvolvidas nos cursos técnicos, de graduação e de pós-graduação. No mesmo ano, foi indexada junto ao Google Acadêmico e ao Diadorim.

A partir do final de 2016, a Equipe Editorial foi reestruturada e ampliada, com a finalidade de promover uma melhor qualificação do periódico. Além disso, as seções foram reestruturadas, passando a ser: Matemática em Contextos Técnicos e/ou Tecnológicos, Ensino de Matemática e Matemática Pura e/ou Aplicada.

Em 2018 foi indexada junto ao Google Analytics, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – ibict oasisbr, Revistas de livre acesso – LivRe, Sumários de Revistas Brasileiras – sumários.org e Directory of open access journals – DOAJ.

Em 2019 foi indexada junto ao Portal de Periódicos CAPES e Diretório do Sistema Latindex: Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.

A REMAT passou a adotar em 2020 o modelo de publicações em fluxo contínuo, que tem como principal característica a maior rapidez na disponibilização de pesquisas para leituras e citações.

Em 2021 os artigos da REMAT passaram a ser publicados em duas seções: Educação Matemática, composta por artigos que apresentam resultados originais, parciais ou finais, de pesquisas científicas na área de Educação Matemática, relacionados com o Ensino de Matemática e com a Formação Inicial ou Continuada de Professores de Matemática nos mais diversos níveis e modalidades, e Matemática, composta por artigos que apresentam resultados originais, parciais ou finais, de pesquisas científicas na área de Matemática Aplicada, com interfaces em outras Ciências, nos mais diferentes contextos, incluindo técnicos e tecnológicos. E, na área de Matemática Pura, além de resultados originais, parciais ou finais de pesquisas científicas, artigos de divulgação matemática que apresentam nova ótica para problemas de Matemática ou tópicos ausentes, em geral, em cursos de Matemática.

A trajetória da REMAT também pode ser conferida por meio das publicações de seus editores:

Editores Egressos

Dr. Claus Haetinger - Editor Convidado de Fevereiro/2020 a Janeiro 2021

Dr. Nicolau Matiel Lunardi Diehl - Editor da Seção Matemática Pura e/ou Aplicada de Setembro/2015 a Agosto/2020

Dr. Rodrigo Sychocki da Silva - Editor da Seção Ensino de Matemática de Setembro/2015 a Julho/2020