Os desafios e as possibilidades de trabalho com as TIC no ensino da Matemática em escolas públicas da Zona da Mata Mineira

  • Thais Aparecida Pacheco Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), Campus Rio Pomba, Departamento Acadêmico de Matemática, Física e Estatística, Rio Pomba, MG
  • Paula Reis de Miranda Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), Campus Rio Pomba, Departamento Acadêmico de Matemática, Física e Estatística, Rio Pomba, MG
Palavras-chave: Tecnologias da Informação e Comunicação, Formação de Professores de Matemática, Escolas Públicas

Resumo

Neste trabalho investigou-se as possibilidades e condições necessárias para que os professores de Matemática possam trabalhar com as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nas escolas públicas da Zona da Mata Mineira. São sujeitos da pesquisa os professores de Matemática das escolas públicas estaduais e municipais das cidades de Ubá, Tocantins e Visconde do Rio Branco, todas situadas na Zona da Mata do Estado de Minas Gerais. Para esses sujeitos foi então aplicado um questionário semiestruturado com a finalidade de obter informações a respeito da presença e utilização das TIC no ensino de Matemática. Após a pesquisa e a análise dos dados concluiu-se que para se trabalhar com as TIC nas aulas de Matemática, não basta que as escolas tenham um laboratório e equipamentos e esse ambiente não é suficiente para um trabalho efetivo e permanente dos docentes. São apontadas questões financeiras, burocráticas e de formação docente que precisam ser vistas com certa urgência para a efetivação do uso das tecnologias na prática docente, bem como são apresentados diferentes modos de seu uso ou não uso na construção de significados e no desenvolvimento de novas aprendizagens matemáticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Aparecida Pacheco, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), Campus Rio Pomba, Departamento Acadêmico de Matemática, Física e Estatística, Rio Pomba, MG
(03/2010 - 12/2013) Estudante do curso de Licenciatura em Matemática do IF Sudeste MG Campus Rio Pomba e bosista de iniciação científica do CNPQ. (03/2014 - atualmente) Professora contratada do estado de MG. (02/2015 - atualmente) Professora efetiva de Matemática no município de Visconde do Rio Branco - MG. (03/2016 - atualmente) Estudante do curso de Pós - Graduação em Ensino de Matemática e Física do IF Sudeste MG Campus Rio Pomba.
Paula Reis de Miranda, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), Campus Rio Pomba, Departamento Acadêmico de Matemática, Física e Estatística, Rio Pomba, MG

Possui graduação em Licenciatura em Matemática pelo Universidade Presidente Antônio Carlos (2002), especialização em Matemática e Estatística pela Universidade Federal de Lavras - UFLA (2004) e mestrado em Ensino de Ciências e Matemática na PUC-MG (2010) e doutorado pela Faculdade de Educação da UFMG(2015). Atualmente é professora do IF Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba e coordenadora da Especialização em Ensino de Matemática e Física. Atua como professora do ProfEPT. Tem experiência na área de Educação Matemática, com ênfase em Fundamentos da Matemática e Educação de Jovens e Adultos.

Referências

BICUDO, Maria Aparecida Viggiani. Pesquisa em Educação Matemática: Concepções e Perspectivas. São Paulo: Editora UNESP, 1999.

BORBA, Marcelo de Carvalho; ARAÚJO, Jussara de Loiola. Pesquisa qualitativa em Educação Matemática. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

BORBA, Marcelo de Carvalho; PENTEADO, Miriam Godoy. Informática e Educação Matemática. 4. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática/Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF,1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base nacional comum curricular. Brasília, DF, 2016. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/site/inicio. Acesso em: jun. 2018.

KENSKI, Vani Moreira. Tecnologias e Ensino Presencial e a Distância. 9. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos Tarciso; BEHRENS, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 16. ed. Campinas: Papirus, 2000.

ORLANDI, Eni P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. 5. ed. Campinas: Pontes, 2003.

SANTOS, Marcos Pereira dos. Recursos Didático-Pedagógicos na Educação Matemática Escolas – Uma abordagem teórico-prática. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda, 2011.

Publicado
2018-08-04
Como Citar
PACHECO, T.; DE MIRANDA, P. Os desafios e as possibilidades de trabalho com as TIC no ensino da Matemática em escolas públicas da Zona da Mata Mineira. REMAT: Revista Eletrônica da Matemática, v. 4, n. 1, p. 14-26, 4 ago. 2018.
Seção
Matemática em Contextos Técnicos e/ou Tecnológicos