Estudo do ensaio de tração do aço LN-28 por meio da Modelagem Matemática: uma experiência com alunos do Curso Técnico em Fabricação Mecânica

  • João Cândido Moraes Neves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS http://orcid.org/0000-0001-9083-5447
  • Juliano Cantarelli Toniolo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS http://orcid.org/0000-0002-8850-6481
  • Anselmo Antunes Turiel Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), SP http://orcid.org/0000-0003-0351-5803
  • Greice da Silva Lorenzzetti Andreis Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS http://orcid.org/0000-0002-8674-0223
Palavras-chave: Modelagem Matemática, Interdisciplinaridade, Contextualização, Ensaio de Tração

Resumo

Este artigo apresenta parte dos resultados de um projeto de pesquisa desenvolvido no Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Campus Caxias do Sul, sobre a utilização da Modelagem Matemática como estratégia de ensino e aprendizagem em cursos de nível técnico e de tecnologia. O objetivo da pesquisa consistiu em proporcionar um ambiente de ensino e aprendizagem de Matemática de forma contextualizada com outras áreas do conhecimento, utilizando a Modelagem Matemática para a resolução/entendimento de problemas de disciplinas dos cursos técnicos e de tecnologia do Campus. Entende-se que a busca pela conexão entre a Matemática e cursos das áreas técnicas e tecnológicas é essencial para a qualificação do profissional formado por esta instituição. Este artigo, em específico, tem por objetivo apresentar o modelo matemático desenvolvido por alunos do Curso Técnico em Fabricação Mecânica Integrado ao Ensino Médio, para descrever o ensaio de tração utilizando como corpo de prova o aço LN-28, usado pela empresa Marcopolo S.A. na produção de componentes para a indústria automotiva. Para a obtenção do modelo matemático utilizou-se um conjunto de dados experimentais coletados na empresa Marcopolo S.A. e o software Scientific Notebook para a geração do modelo. Com o uso da Modelagem Matemática foi possível mostrar aos alunos a aplicabilidade da Matemática no entendimento de problemas relacionados a sua atuação profissional.

Biografia do Autor

João Cândido Moraes Neves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS
Possui graduação em Matemática - Licenciatura Plena pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Imaculada Conceição (1984). Especialização em Matemática pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (1990). Mestrado em Modelagem Matemática pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2006). Doutorado em Educação pelo PPGDU ? UNISINOS (2015), é membro do Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Educação Matemática e Sociedade (GIPEMS), também membro do Grupo de Pesquisa em Matemática, Ensino, Tecnologias e Aplicações (GPMETA ) que integra o Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPQ. Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, efetivo - IFRS- Campus Caxias do Sul e professor - IFRS - Campus Caxias do Sul. Tem experiência na área de Matemática, Estatística e Física, com ênfase em Matemática, atuando principalmente no seguinte tema: Modelagem Matemática, Matemática Aplicada e Formação de Professores.
Juliano Cantarelli Toniolo, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS
Possui Graduação em Engenharia de Materiais pela UFRGS (2002), Mestrado (2004) e Doutorado (2009) em Ciência e Tecnologia dos Materiais pelo PPGE-3M da UFRGS. Licenciado para Educação Profissional e Tecnológica pelo IFRS (2013). Especialização no Programa Professores para o futuro na TAMK (2015), Finlândia. Atualmente é Diretor-Geral do IFRS - Campus Caxias do Sul, Líder do Grupo de Pesquisa Ciência e Tecnologia dos Materiais e Professor Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia dos Materiais (PPG-TEM) do IFRS. Tem experiência profissional nas áreas industriais automotiva e offshore, docência e pesquisa acadêmica em materiais avançados, atuando principalmente nos seguintes temas: síntese por combustão, nanomateriais, cerâmicas e compósitos.
Greice da Silva Lorenzzetti Andreis, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS
Possui graduação em Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade de Caxias do Sul (2005), mestrado em Matemática Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008) e doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Realizou pós-doutorado junto à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2013) na área de Combustão, atuando principalmente no desenvolvimento de mecanismos cinéticos reduzidos para biocombustíveis. Atualmente é professora e pesquisadora com dedicação exclusiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Campus Caxias do Sul, integrante do grupo de pesquisa GPMETA - Grupo de Pesquisa em Matemática, Ensino, Tecnologias e Aplicações, e editora-chefe da REMAT: Revista Eletrônica da Matemática.

Referências

BARBOSA, Jonei Cerqueira. Modelagem Matemática: O que é? Por que? Como? Veritati, Lisboa, Portugal, n. 4, p. 73-80, 2004.

BARBOSA, Jonei Cerqueira. Modelagem na Educação Matemática: contribuições para o debate teórico. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 24, 2001. Caxambu. Anais… Caxambu: ANPED, 2001. Disponível em: https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=3&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwjvpKbVn4HfAhWIWpAKHQnZBk0QFjACegQIBxAC&url=http%3A%2F%2F24reuniao.anped.org.br%2FT1974438136242.doc&usg=AOvVaw2Iq28uN2K5Yl05ZBn9f9u4. Acesso em: 30 ago. 2018.

BASSANEZI, Rodney Carlos. Ensino-Aprendizagem com Modelagem Matemática. São Paulo: Contexto, 2002.

BIEMBENGUT, Maria Salett. 30 Anos de Modelagem Matemática na Educação Brasileira: das propostas primeiras às propostas atuais. ALEXANDRIA: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 2, n. 2, p. 7-32, jul. 2009.

BIEMBENGUT, Maria Salett. Qualidade de Ensino de Matemática na Engenharia: uma proposta metodológica e curricular. 1997. 175 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção e Sistemas) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1997.

BURAK, Dionísio. Modelagem Matemática: ações e interações no proceso de ensino-aprendizagem. 1992. 460f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação. Faculdade de Educação. Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 1992.

DIAS, Maria da Graça Andrade. Modelagem no Ensino da Geometria. Graphica, Curitiba, p. 1-9, 2007. Disponível em: http://www.exatas.ufpr.br/portal/docs_degraf/artigos_graphica/MODELAGEM%20NO%20ENSINO%20DA%20GEOMETRIA.pdf. Acesso em: 30 ago. 2018.

HIBBELER, Russel Charles. Resistência dos Materiais. 7. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall. 2010.

IABCD. Instituto ABCD. Comitê de Educação. Habilidade matemáticas: o que são, como avaliar e como melhorar. Módulo 6. [201-]. Disponível em: http://www.institutoabcd.org.br/portal/arquivos/1392132744_modulo6_2701_web.pdf. Acesso em: 30 ago. 2018.

IFRS. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Campus Caxias do Sul. Projeto Pedagógico do Curso Técnico em Fabricação Mecânica Integrado ao Ensino Médio. 2016. Disponível em: https://ifrs.edu.br/caxias/cursos/cursos-tecnicos/fabricacao-mecanica-integrado/. Acesso em: 30 ago. 2018.

TEÓFILO, Jorge. Propriedades dos Materiais: Diagramas tensão-deformação. In.: Estrutura e propriedades dos materiais. 2017. Disponível em: https://jorgeteofilo.files.wordpress.com/2017/01/epm-apostila-capc3adtulo09-propriedades.pdf. Acesso em: 03 jun. 2019.

WIKIPÉDIA. Coeficiente de determinação. 09 jan. 2019. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Coeficiente_de_determina%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 03 jun. 2019.

Publicado
2019-07-01
Seção
Matemática em Contextos Técnicos e/ou Tecnológicos