O desenvolvimento de aplicativos e as possibilidades para a educação superior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v11.n1.a5867

Resumo

Resumo: O artigo apresenta o impacto do uso de tecnologias para a formação inicial de professores e propõe um aplicativo do tipo híbrido para acompanhamento dos egressos no contexto de uma Universidade Estadual da região nordeste brasileira. Tem como objetivo identificar possibilidades e potencialidades para a Educação Superior, no que tange à oferta de cursos de licenciatura na modalidade presencial, e no acompanhamento dos egressos via aplicativo híbrido. Utiliza metodologia de abordagem qualitativa com pesquisa documental para demonstrar o impacto do uso das tecnologias nos cursos ofertados pela Universidade. Apresenta dados do perfil de egressos do curso de Pedagogia, com recorte sobre desenvolvimento profissional, obtidos via plataforma Survey monkey para desenvolvimento do produto de mestrado. Conclui com observações sobre a potencialidade do uso das tecnologias para oferta da educação presencial. Apresenta como resultados dados sobre o uso do aplicativo como possibilidade de acompanhamento de egressos, o que otimiza e contribui para os processos de gestão e análise do desenvolvimento profissional na Educação Superior.

Palavras-chave: Tecnologia na formação de professores. Aplicativo Híbrido. Egressos. Educação Superior. Gestão Educacional e Escolar.

Biografia do Autor

Rafael Mendonça Mattos, Universidade Estadual do Maranhão

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual do Maranhão (2017), Especialista em Gestão Educacional e Escolar pelo Núcleo de Tecnologias para Educação - Uemanet da Universidade Estadual do Maranhão- UEMA (2019), Pós Graduando em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo Instituto de Ensino Superior Franciscano - IESF (2018) , Mestre em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação na Universidade Estadual do Maranhão - UEMA (2019). Atualmente Designer Pedagógico em materiais educacionais digitais do curso de Pedagogia - UEMANET . Participante do Grupo de Estudos sobre Gestão e Avaliação da Educação -GESTA. Tem experiência na área de Educação, com ênfase, gestão educacional e escolar, planejamento, avaliação, políticas educacionais, educação superior e qualidade da educação.

Kallyne Kafuri Alves, Universidade Estadual do Maranhão

Doutora e Mestra em Educação pelo Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo (2015 e 2019) e Graduada em Pedagogia por esta mesma Universidade (2013). Atualmente é Professora no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Maranhão (PPGE/UEMA). É Integrante do Grupo de Pesquisa Formação e Atuação de Educadores (GRUFAE/UFES) e do Grupo de Estudo sobre Gestão e Avaliação da Educação (GESTA/UEMA). Tem experiência na Educação Básica e no Ensino Superior. Planeja, organiza e desenvolve pesquisa e ações na área da Educação Infantil, Gestão Educacional, Escolar e Formação de Professores.

Ana Lúcia Cunha Duarte, Universidade Estadual do Maranhão

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Maranhão (1989), Mestrado em Educação pela Universidade Católica de Brasília (2008) e Doutorado em Educação pela Universidade de Brasília (2013). Professora da Universidade Estadual do Maranhão, Campus São Luís, do curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) Mestrado Profissional. Diretora do curso de Pedagogia do Programa de Formação de Professores ? ENSINAR e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação. É líder do Grupo de Estudos em Gestão e Avaliação (GESTA), cadastrado no Diretório de Grupo de Pesquisa do CNPq. Membro do Fórum Estadual de Educação FEE/MA. Possui experiência na área de educação, com ênfase em políticas educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação, gestão, qualidade e formação de professor.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

MENDONÇA MATTOS, R.; KAFURI ALVES, K. .; CUNHA DUARTE, A. L. . O desenvolvimento de aplicativos e as possibilidades para a educação superior. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 11, n. 1, 2022. DOI: 10.35819/tear.v11.n1.a5867. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/5867. Acesso em: 4 dez. 2022.