O uso de metodologias ativas para o ensino das Leis de Newton: experiências do residência pedagógica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v11.n1.a5767

Resumo

Resumo: O presente trabalho consiste em um estudo de caso acerca de uma sequência didática sobre o ensino das Leis de Newton, implementada na educação básica envolvendo Metodologias Ativas, desenvolvida por intermédio do Programa Residência Pedagógica, seguido de uma reflexão sobre a prática, analisando a partir de dois aspectos principais: o Diário de Bordo e a visão da professora titular. As atividades foram desenvolvidas em uma turma do primeiro ano do ensino médio de uma escola da rede pública estadual no Rio Grande do Sul, sobre o conteúdo Leis de Newton, utilizando-se das Metodologias Ativas: (i) Instrução pelos Colegas, (ii) Ensino sob Medida e (iii) Resolução de Problemas Abertos, a partir do referencial teórico da Aprendizagem Significativa. Com base nisso, o objetivo consistiu em avaliar como as Metodologias Ativas podem contribuir, por meio de uma sequência didática, para o ensino das Leis de Newton. A reflexão sobre a prática deu-se a partir de três categorias de análise: i) viabilidade quanto à estrutura da sequência didática, ii) aproveitamento das atividades e iii) possíveis desafios a serem encontrados em futuras aplicações. Com base nos resultados, concluiu-se que a estrutura se mostrou representativa em relação ao objetivo pretendido e que as atividades tiveram um alcance significativo, uma vez que promoveram o engajamento de estudantes e da professora, instigando o repensar da prática. Por fim, destaca-se o incentivo aos licenciandos à participação de programas de iniciação à docência, pensando que essas experiências são importantes para suas trajetórias formativas.

Palavras-chave: Metodologias inovadoras. Formação de professores. Programa Residência Pedagógica. 

Biografia do Autor

Derek Carvalho Menezes da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduado em Licenciatura em Física na UFRGS. Tem experiência na área de Ensino de Física. 

Dioni Paulo Pastorio, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Possui graduação em Física Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (2011), Mestrado no Programa de Pós Graduação Educação em Ciências pela Universidade Federal de Santa Maria (2014) e doutorado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria (2018). Atualmente é professor adjunto A da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de ensino de física desenvolvendo trabalhos a partir de tecnologias de informação e comunicação (TIC). Ainda tem interesse de pesquisas em metodologias ativas, em especial o Just in Time Teaching, o Peer Instruction e Resolução de Problemas. É orientador de Pós Graduação em dois PPG de Ensino de Física: UFRGS e UFSM.

Eduarda da Silva Lopes, Universidade Federal da Fronteira Sul

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS, campus Cerro Largo) e em Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER). Mestra em Ensino de Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências - PPGEC/UFFS. Atualmente é Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática (PPGEDUCEM/PUCRS) e bolsista PROSUC/Capes. Foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID/CAPES), do Subprojeto Residência Pedagógica Multidisciplinar - Biologia, Física e Química (RP/CAPES), Bolsista de Apoio Técnico à Pesquisa - Nível 1A do CNPq e bolsista CAPES/DS. Tem pesquisado sobre a Experimentação com ênfase no Ensino de Ciências.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

CARVALHO MENEZES DA SILVA, D. .; PASTORIO, D. P.; DA SILVA LOPES, E. O uso de metodologias ativas para o ensino das Leis de Newton: experiências do residência pedagógica. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 11, n. 1, 2022. DOI: 10.35819/tear.v11.n1.a5767. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/5767. Acesso em: 4 dez. 2022.