Um estudo dos espaços virtuais de museus de ciências no contexto do ensino de química

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v11.n1.a5518

Resumo

Resumo: O presente trabalho teve como objetivo analisar os espaços virtuais dos museus de ciência brasileiros, a fim de identificar e caracterizar os materiais produzidos nestes espaços que envolvem o conteúdo de Química no âmbito do ensino de ciências. Para isso foram investigados os sites dos museus de ciências cadastrados no Brasil, bem como os museus virtuais, utilizando o Guia de Centros e Museus de Ciência do Brasil da Associação Brasileira de Centros e Museus de Ciência e a plataforma MuseusBr. O intuito da pesquisa foi selecionar os ambientes virtuais que permitissem algum grau de interação com o público, portanto, foram selecionados os museus que correspondem à classificação de Piacente (1996) de Museus no Mundo Virtual e Museus Realmente Interativos, além da classificação de Museus Virtuais, que abrangem o conteúdo de Química (BRASIL, 2011). Assim, foram encontrados 10 ambientes virtuais de museus no Brasil dentro dos critérios apresentados, sendo que nenhum destes correspondia à classificação de Museu Virtual, o que evidencia a falta desse recurso nos museus de ciências brasileiros. Quanto à região destes espaços, sete dos dez ambientes virtuais dos museus selecionados correspondem a museus localizados na região Sudeste, seguindo a tendência de concentração destes espaços no país nessa mesma região. Já os materiais encontrados nos espaços virtuais foram jogos, vídeos, textos de divulgação científica, peças teatrais, exposições virtuais, acervos online e visita virtual. Apesar disso, foi possível notar que a Química ainda possui menor representatividade nestes espaços quando comparada com outros campos científicos.

Palavras-chave: Museus de Ciência. Ensino de Química. Espaços Virtuais.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

GOMES PIMENTA, N.; LUIZA DE FARIA, F. Um estudo dos espaços virtuais de museus de ciências no contexto do ensino de química. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 11, n. 1, 2022. DOI: 10.35819/tear.v11.n1.a5518. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/5518. Acesso em: 4 dez. 2022.