Contornos formativos em tempos de pandemia: percepções de professoras/pesquisadoras da educação básica

Autores

Resumo

Resumo: O presente momento, impactado pela passagem de uma pandemia, provocou mudanças nas práticas de professores que atuam em diferentes etapas da educação e na formação docente. Pensando nesse cenário, neste artigo conduzimos uma discussão acerca dos aparentes delineamentos formativos que vêm sendo assumidos no período de ensino remoto, com o objetivo de identificar e analisar suas implicações para as práticas pedagógicas, tomando como fonte geradora de dados nossas próprias experiências, enquanto professoras e pesquisadoras da Educação Básica. A pesquisa empreendida é qualitativa e aprecia os dados suscitados à luz da Análise de Conteúdo e do referencial nacional e estrangeiro do campo da formação continuada de professores. Sinaliza que os recentes contornos esboçados para a formação de professores promovem o fortalecimento da relação entre pares, o engajamento para a aprendizagem de estratégias de ensino condizentes com as demandas da educação não presencial, e o apoio da equipe gestora.

Palavras-chave: Formação docente. Educação Básica. Pandemia Covid-19.

Biografia do Autor

Nathália Cristina Amorim Tamaio de Souza, Universidade Estadual de Campinas

Professora de Educação Básica na Escola SESI de Araraquara. Doutoranda em Educação na Universidade Estadual de Campinas e membro dos grupos de pesquisa Letramento do Professor (IEL/UNICAMP), ALLE/AULA (FE/UNICAMP) e GEPFEC (FCLAr/UNESP).

Flávia Graziela Moreira Passalacqua, Universidade Estadual Paulista

Pesquisadora de pós-doutorado na Universidade Estadual Paulista, campus de Araraquara, e Vice coordenadora do grupo de pesquisa GEPFEC (UNESP/FCLAr).

Rayana Silveira Souza Longhin Lourenço, Universidade Estadual Paulista

Professora de Educação Básica na rede municipal de ensino de Ibaté. Doutora em Educação Escolar na Universidade Estadual Paulista, campus de Araraquara, e membro dos grupos de pesquisa GEPFEC (FCLAr/UNESP).

Evelin Oliveira de Rezende Piza, Universidade Estadual Paulista

Professora de Educação Infantil na rede municipal de ensino de Araraquara/SP. Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar na Universidade Estadual Paulista, campus de Araraquara, e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas na Educação Básica-Educação Especial (GEPEBE/UNESP/FCLar).

Downloads

Publicado

2021-12-10

Como Citar

AMORIM TAMAIO DE SOUZA, N. C.; MOREIRA PASSALACQUA, F. G.; SILVEIRA SOUZA LONGHIN LOURENÇO, R.; OLIVEIRA DE REZENDE PIZA, E. Contornos formativos em tempos de pandemia: percepções de professoras/pesquisadoras da educação básica. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 10, n. 2, 2021. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/5321. Acesso em: 24 jan. 2022.