As tecnologias móveis digitais da informação e comunicação presentes na formação inicial docente em ciências biológicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v9.n2.a4520

Resumo

Resumo: O artigo teve como objetivo central compreender a percepção dos acadêmicos do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, nas modalidades presencial e à distância, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), sobre a utilização das Tecnologias Móveis Digitais da Informação e Comunicação (TMDIC) enquanto conhecimentos tecnológicos e pedagógicos desenvolvidos em seu processo de formação inicial. Para alcançar esse objetivo, buscou-se também conhecer o perfil relacionado à cultura digital dos licenciandos e investigar como esse público se sente em relação ao letramento digital docente. Corresponde a uma pesquisa de natureza qualitativa e com viés exploratório, da qual participaram três pesquisadores no processo de validação de um questionário, e foi realizado um estudo de caso com 33 (trinta e três) acadêmicos, distribuídos em 11 (onze) na modalidade presencial e 22 (vinte e dois) na Educação a Distância (EaD), sendo a maioria do último período da graduação. Foi constatado que todos os participantes concordaram que as TMDIC contribuem para a aprendizagem dos educandos, desde que sejam utilizadas adequadamente dentro e fora da sala de aula. A maioria dos participantes afirmou possuir níveis satisfatório e avançado de conhecimentos e habilidades sobre a utilização dessas tecnologias em seu cotidiano, apontando, assim, uma interconexão desse público com o ciberespaço. No entanto, 27,3% dos participantes relataram ausência de abordagens tecnológicas durante sua formação devido a uma série de fatores, dentre eles a falta de interesse dos professores e tutores da universidade, bem como a desmotivação da turma e a carência de recursos didáticos e tecnológicos.

Palavras-chave: Cultura digital. Formação docente. Letramento digital.

Biografia do Autor

Manoel Messias Santos Alves, Universidade Federal de Sergipe

Doutorando em Educação  pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe (PPGED/UFS). Mestre em Ensino de Ciências (PPGECIMA). Bacharel em Enfermagem e Licenciado em Ciências Biológicas

Anne Alilma Silva Souza Ferrete, Universidade Federal de Sergipe

Doutora em Educação. Professora da Universidade Federal de Sergipe (UFS) lotada no Departamento de Educação (DED), no Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED).

Willian Lima Santos, Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Mestrando em Educação (PPGED). Especialista em Tecnologias e Educação Aberta e Digital. Especialista em Docência no Ensino Superior. Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Downloads

Publicado

2020-12-08