A iniciação científica na educação profissional e tecnológica: caminhos para uma formação emancipadora

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v11.n2.a6089

Resumo

Resumo: A Iniciação Científica (IC) no Ensino Médio tem se apresentado como um dos pilares que norteiam os Institutos Federais na perspectiva do currículo multidisciplinar e contextualizado, corroborando a consolidação do tripé: ensino, pesquisa e extensão. Esta pesquisa tem por objetivo discutir a Iniciação Científica na educação profissional e tecnológica como caminhos para uma formação emancipadora dos alunos do Ensino Médio integrado no Instituto Federal do Acre (IFAC). A presente pesquisa com abordagem qualitativa, de caráter bibliográfico e documental, é apoiada nos autores como Frigotto, Ciavatta e Ramos (2012), Costa e Zompero (2017), Demo (2010), entre outros, e consulta às legislações que corroboram a temática debatida. Como resultados destacam-se as ações que vêm sendo desenvolvidas no IFAC, visando a consolidar a IC, com fomentos de apoio a pesquisas relacionadas aos arranjos produtivos locais, assim como o apoio e incentivo à participação de alunos em eventos científicos. Destaca-se que muitas pesquisas desenvolvidas na IC no Ensino Médio estão diretamente relacionadas às cadeias produtivas locais, proporcionando ao aluno um ensino integrado à pesquisa e à extensão de forma contextualizada a sua realidade. Conclui-se que a Iniciação Científica tem sido considerada uma das ferramentas de aprendizagem significativa na formação acadêmica, como um princípio pedagógico e educativo na formação emancipadora. 

Palavras-chave: Ensino Médio Integrado. Iniciação Científica. Educação Profissional. 

Biografia do Autor

Irla de Oliveira vidal, Instituto Federal do Acre

Licenciada em Geografia pela Universidade Federal do Acre. Pós-Graduação em Psicopedagogia pelas Faculdades Integradas Varzeagrandense - FIVE. Mestranda em Educação Profissional e Tecnológica - Profept/Acre. Desde 2011, sou Técnica em Assuntos Educacionais no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (Ifac), em exercício na Pró-reitoria de Inovação, Pesquisa e Pós-graduação.

Dr. José Marlo Araújo de Azevedo, Instituto Federal do Acre

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela UFAC (2008). Mestrado em Agronomia produção Vegetal pela UFAC (2010). Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia - Rede Bionorte, área de concentração Biodiversidade e Conservação pela Universidade Federal do Acre em parceria com a Universidade Federal do Amazonas (2016). Atualmente é docente do Instituto Federal do Acre - Campus Cruzeiro do Sul, atuando nos Cursos: Superior de Tecnologia em Agroecologia, Técnico integrado em Meio Ambiente, Técnico integrado em Agropecuária e Técnico Subsequente em Zootecnia. É docente titular do programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica ProfEPT.
E-mail: jose.azevedo@ifac.edu.br

Lorena Rodrigues Barbosa, Universidade Federal do Acre

Bacharel em Ciências Econômicas (Universidade Federal do Acre - UFAC (2003). Especialista em Gestão Pública com ênfase em Controle Externo - FACINTER (2011). Mestranda do PROFEPT (Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica) - IFAC 2021. Economista da Universidade Federal do Acre desde 2008, lotada na Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan), exerce a função de Diretora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional desde 2010, exerceu a função de Diretora de Orçamento e Custos (dez/2016 até 02/2018). Membro titular da Comissão Própria de Avaliação - CPA desde 2011 e Recenseadora Institucional junto ao INEP.

Wermeson Fittypaldi de Oliveira, Instituto Federal do Acre

Licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal do Acre - UFAC (1998). Pós-Graduação Latu Sensu em Psicopedagogia (2001) e Mestrando em Educação Profissional e Tecnológica ProfEPT/Acre. Atualmente é Servidor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre, na função de Técnico em Pedagogia. 

Downloads

Publicado

2022-12-07

Como Citar

VIDAL, E. I. de O.; AZEVEDO , D. J. M. A. D.; BARBOSA, E. L. R. .; OLIVEIRA, E. W. F. de. A iniciação científica na educação profissional e tecnológica: caminhos para uma formação emancipadora. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 11, n. 2, 2022. DOI: 10.35819/tear.v11.n2.a6089. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/6089. Acesso em: 29 jan. 2023.