A estruturação das aulas de educação física no ensino médio brasileiro: uma revisão sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v11.n2.a6059

Resumo

Resumo: O presente estudo teve como objetivo mapear estudos efetuados sobre a estruturação das aulas de Educação Física no Ensino Médio, a partir de uma revisão sistemática. Foram utilizadas, como fontes de informação para busca, as seguintes bases de dados eletrônicas: LILACS, Portal de Periódicos CAPES/MEC, Microsoft Academic. De acordo com os critérios de inclusão e exclusão adotados, 12 artigos contemplaram os requisitos adequados para a pesquisa. Os parâmetros analisados nos artigos foram os seguintes: autoria; ano de publicação; periódico; tipo de estudo; população-alvo; resultados relacionados com a estruturação das aulas de Educação Física no Ensino Médio. Empregou-se a análise de conteúdo para a análise dos dados. Evidenciou-se que as publicações dos artigos se deram em todo o período delimitado pelo presente estudo (16 anos). Os estudos revelam viés ao descrever a realidade das estruturas das aulas de Educação Física com características descritivas. Quanto à população dos estudos, detectou-se o predomínio de pesquisas envolvendo professores, mas verificou-se, também, a participação de alunos e gestores. No que tange à estrutura das aulas, observou-se a ocorrência dos esportes coletivos como conteúdos hegemônicos, abordagem tradicional de ensino, quase inexistência da interdisciplinaridade e espaços inadequados como principais características das aulas de Educação Física no Ensino Médio. E, consequentemente, altos índices de evasão e desinteresse pela disciplina. Espera-se, com o presente artigo, instigar mais estudos que possibilitem mostrar a realidade da Educação Física na escola a fim de aproximar pesquisadores e sujeitos pesquisados para que consigam dialogar, refletir sobre esses contextos. 

Palavras-chave: Educação Física, Ensino Médio, Conteúdo.

Biografia do Autor

Thais de Lima dos Santos, Universidade Federal do Pampa/Doutoranda

Doutoranda no PPG Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde - Universidade Federal do Pampa (Unipampa); Mestra no PPG Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde - Universidade Federal do Pampa (Unipampa); Graduada em Licenciatura em Educação Física- Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA - Campus Uruguaiana (2015 - 2018); Graduada em Letras e suas Respectivas Linguagens- Universidade Pitágoras Unopar - Campus Uruguaiana (2013 - 2016); Atua nas áreas de Ensino de Educação Física Escolar. Pesquisadora do Grupo de Estudo em Educação Física e Esportes (GEEFE) da UNIPAMPA Campus Uruguaiana e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Estágios e Formação de Professores (GEPEF).

Any Gracyelle Brum dos Santos, Universidade Federal do Pampa/Mestranda

Mestranda no curso Educação em Ciências: Química da vida e saúde- Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Graduada em Educação Física pela Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA (2018), Especialista em Lúdico e Psicomotricidade na Educação Infantil e Supervisão e Orientação Educacional. Atua nas áreas de Ensino de Educação Física Escolar. Pesquisadora do Grupo de Estudo em Educação Física e Esportes (GEEFE) da UNIPAMPA Câmpus Uruguaiana e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Estágios e Formação de Professores (GEPEF) - Atua como Tutora presencial do Curso em Licenciatura em Matemática Ead - UAB- IFAAR- Pólo Uruguaiana.

Laura Mendes Fumagalli, Universidade Federal do Pampa/Doutoranda

Licenciada em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica do RS (2008), Especialista em Educação Física Escolar pela Universidade do Norte do Paraná, (2017), Mestra em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, pela Universidade Federal do Pampa- Unipampa (2019) e Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, da Universidade Federal do Pampa- Unipampa (2019/2). Atuação inicial no Centro de Atenção Psicossocial- CAPS (2006 à 2008), no Projeto de Promoção da Saúde, Prevenção de Doenças e Agravos não Transmissíveis- DANTs, (2009 à 2014) e Centro de Convivência Maior (2010 à 2014). Nomeada para rede municipal, (2011) e estadual (2014) na educação básica como professora de educação física dos anos finais do ensino fundamental e ensino médio. Integrante do Grupo de Estudos em Educação Física e Esportes- GEEFE, do Grupo de Estudos e Pesquisa em Estágio e Formação de Professores - GEPEF. Possui interesse nas áreas de Educação Física Escolar, Saúde e Qualidade de vida, Educação em Saúde, Metodologias Ativas e Formação de Professores.

Phillip Vilanova Ilha, Universidade Federal do Pampa/Doutor

Possui Licenciatura Plena em Educação Física (2000), especialização em Ciência do Movimento Humano (2003), especialização em Mídias na Educação (2004), mestrado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (2013) e Doutorado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (2016), todos pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Atualmente é professor do magistério superior da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) e docente permanente do Programa de Pós-Graduação de Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Unipampa. Atua na área de Educação Física e Ensino, trabalhando principalmente nos seguintes temas: Práticas pedagógicas na educação física escolar; Metodologia e ensino aprendizagem dos esportes; Projetos de aprendizagem; Formação de professores; Atividade física e promoção da saúde. Coordenador-Líder do Grupo de Estudos em Educação Física e Esportes - GEEFE, da Unipampa.

Downloads

Publicado

2022-12-07

Como Citar

DE LIMA DOS SANTOS, T.; BRUM DOS SANTOS, A. G.; MENDES FUMAGALLI, L.; VILANOVA ILHA, P. A estruturação das aulas de educação física no ensino médio brasileiro: uma revisão sistemática. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 11, n. 2, 2022. DOI: 10.35819/tear.v11.n2.a6059. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/6059. Acesso em: 30 jan. 2023.