Análise cienciométrica de cursos de formação continuada de professores dos anos iniciais em relação ao ensino de ciências da natureza em produções científicas nacionais e internacionais (2010-2020)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v11.n2.a6027

Resumo

Resumo: O artigo objetiva investigar como os programas de Formação Continuada de Professores (FCP) dos anos iniciais em Ciências da Natureza (CN) vêm sendo realizados e apresentados em produções científicas entre os anos 2010 e 2020. Os dados descritos nesta pesquisa consideram 24 artigos científicos selecionados tomando como base a Cienciometria para analisá-los. No processo de busca, foram utilizados seis descritores e encontrados 876.847 artigos, porém, apenas 24 atenderam ao objetivo do estudo. De maneira geral, pôde-se observar a diversidade de formadores e instituições, sejam nacionais e internacionais, que realizam programas de FCP dos anos iniciais em CN. Dentre eles, a Universidade Federal do Rio de Janeiro/Brasil desenvolveu duas FCP, e em apenas um, foi observado o processo formativo oferecido por outra instituição sem vínculo com a universidade. A maior publicação de artigos científicos foi no ano de 2013, através de duas publicações nacionais e três internacionais. O país que mais publicou foi o Brasil, com destaque para a região Sudeste. Dentre os cursos, três ocorreram durante 36 meses, 14 focaram no ensino de CN, no mesmo programa formativo, através de atividades teóricas e práticas. A maior parte dos cursos (15) foi desenvolvida na escola participante, porém não houve acompanhamento por parte dos pesquisadores após a realização das formações. Por fim, são escassas as pesquisas científicas nacionais e internacionais sobre FCP nos anos iniciais em CN. Além do desenvolvimento desses cursos de formação, também é necessária a publicação de métodos e etapas comportamentais para orientar os futuros pesquisadores interessados em implantar esses cursos.

Palavras-chave: Formação Contínua de Educadores. Ciências Naturais. Cienciometria. 

Biografia do Autor

Darlize Bender, UFSM

Atualmente é doutoranda do PPG Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria. Bolsista CAPES. É membro do Grupo de Estudos Transdisciplinares: Educação em Ciências (GET) da Universidade Federal de Santa Maria, coordenado pela prof.ª Dr.ª Maria Rosa Chitolina. Mestre em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pampa (2016-2018). Especialista em Educação Ambiental pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM (2013-2015). Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade da Região da Campanha/URCAMP - Campus Alegrete (2007-2010) - bolsista PROESC 100%. Tem experiência na área de Educação, onde atuou como professora de ciências e biologia na Educação Básica (2011 - 2015).

Giséli Duarte Bastos, Universidade Federal de Santa Maria

Possui graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação Aplicadas à Educação (UFSM), mestra e doutora em Educação em Ciências (UFSM) no Programa de Pós Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (UFSM). Servidora pública, no cargo de Técnica em Assuntos Educacionais (TAE) na UFSM, atuando na Pró-Reitoria de Extensão, Subdivisão de Geoparques.

Maria Rosa Chitolina Schetinger, Universidade Federal de Santa Maria

Possui graduação em Biologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1988), mestrado em Ciências Biológicas (Bioquímica) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1991), doutorado em Ciências (Bioquímica) pela Universidade Federal do Paraná (1996) e pós-doutorado no Albert Einstein College of Medicine/USA (2015). É professora titular da Universidade Federal de Santa Maria e possui bolsa em produtividade em pesquisa nível 1B do CNPq. Foi vice-presidente do Clube Brasileiro de Purinas (2018-2021). Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Enzimologia, atuando principalmente nos seguintes temas: NTPDase, 5'-nucleotidase, acetilcolinesterase, ALA-D, catalase e superóxido dismutase em diferentes doenças em humanos e em modelos experimentais. Também, está trabalhando em Educação em Ciências, em ensino, aprendizagem e cienciometria. Foi apontada em 2020, pela plataforma Open Box da Ciência http://www.openciencia.com.br/), como sendo uma das 50 pesquisadoras protagonistas da Ciência no país. Também, é coordenadora de um projeto de internacionalização - Capes PrInt/UFSM: "Estratégias farmacológicas e nutricionais para a promoção da saúde". É mãe de quatro filhos. Nome em citações: Maria Rosa Chitolina Schetinger/Maria Rosa Chitolina

Downloads

Publicado

2022-12-07

Como Citar

BORGES BEULCK BENDER, D. D.; DUARTE BASTOS, G.; CHITOLINA SCHETINGER, M. R. . Análise cienciométrica de cursos de formação continuada de professores dos anos iniciais em relação ao ensino de ciências da natureza em produções científicas nacionais e internacionais (2010-2020). #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 11, n. 2, 2022. DOI: 10.35819/tear.v11.n2.a6027. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/6027. Acesso em: 31 jan. 2023.