A mediação pedagógica em escolas da Paraíba: o papel docente na construção do conhecimento escolar

Autores

Resumo

Resumo: Esse artigo é fruto da dissertação de mestrado e trata do processo de mediação na construção do conhecimento escolar fundamentado na psicologia histórico-cultural. O objetivo é compreender a concepção do (a) professor (a) dos anos iniciais acerca do processo de mediação em escolas municipais de João Pessoa-PB. Em um primeiro momento, é  apresentado o pensar vigotskiano acerca da construção do conhecimento na escola como a elevação das funções psíquicas superiores dos indivíduos a partir da mediação do adulto em sua relação com a criança. Assim, é necessária para que o sujeito, a criança, se aproprie de sua própria historicidade. Apresentam-se, com brevidade, algumas perspectivas pedagógicas atribuídas ao vocábulo mediação na modernidade, destacando os fundamentos teórico-metodológicos em Vigotski, ou seja, o desenvolvimento das funções psicológicas superiores e a formação dos conceitos na idade escolar. Para o desenvolvimento dessa pesquisa, optou-se por uma abordagem qualitativa, uma vez que ela parte dos significados sociais e subjetivos a ele relacionados. À guisa de considerações finais, constatou-se diferentes concepções acerca do processo de mediação que apontam uma dicotomia entre teoria e prática, o que corrobora a reprodução da divisão do trabalho manual e intelectual no meio da força de produção.

Palavras-chave: Mediação pedagógica. Concepção do mundo. Construção do conhecimento.

Downloads

Publicado

2021-12-10

Como Citar

DOS SANTOS PEREIRA, A.; DE ALMEIDA BAPTISTA, M. das G. A mediação pedagógica em escolas da Paraíba: o papel docente na construção do conhecimento escolar. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 10, n. 2, 2021. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/5364. Acesso em: 23 jan. 2022.