Apontamentos sobre o conceito de multiletramentos na Base Nacional Comum Curricular e seus desdobramentos no ensino de língua portuguesa: uma perspectiva crítica

Autores

  • Fabíola Ribeiro Farias Sem instituição

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v10.n1.a5070

Resumo

Resumo: O artigo discute a proposição de ensino de língua portuguesa na Educação Básica, a partir do conceito de letramento e seus desdobramentos presentes na Base Nacional Comum Curricular – BNCC, tendo como objetivo compreender suas possibilidades de realização na escola. Para isso, toma como horizonte a concepção de trabalho educativo postulada pela Pedagogia Histórico-crítica, apresenta e analisa documentalmente a presença do termo letramento e suas derivações na BNCC, especialmente na formulação dos multiletramentos, e conclui que as orientações apontam para a priorização de objetos e elementos atinentes à cultura digital em detrimento da leitura e da escrita, com consequentes reverberações na formação dos estudantes.

Palavras-chave: BNCC. Letramentos. Multiletramentos. Língua Portuguesa. Pedagogia Histórico-crítica.

Biografia do Autor

Fabíola Ribeiro Farias, Sem instituição

Fabíola Farias é graduada em Letras, mestre e doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais, com estágio pós-doutoral em Educação pela Universidade Federal do Oeste do Pará. É leitora-votante da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. 

Downloads

Publicado

2021-07-05

Como Citar

RIBEIRO FARIAS, F. Apontamentos sobre o conceito de multiletramentos na Base Nacional Comum Curricular e seus desdobramentos no ensino de língua portuguesa: uma perspectiva crítica. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 10, n. 1, 2021. DOI: 10.35819/tear.v10.n1.a5070. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/5070. Acesso em: 15 out. 2021.