A circulação de ideias realizada por meio das atividades de divulgação científica em sala de aula: um estudo das publicações em periódicos brasileiros

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v9.n2.a4478

Resumo

Resumo: Apresentamos um mapeamento das publicações acerca da divulgação científica no período de 2008 a 2018, tendo como objetivo identificar as intencionalidades, as temáticas e os aspectos das práticas pedagógicas que impulsionam a circulação de ideias na sala de aula. A pesquisa de caráter qualitativo, do tipo Análise Documental, foi realizada em quatro fases, abarcando nove periódicos de relevância nacional. 59 artigos foram identificados e classificados em seis diferentes categorias. Entre esses, 17 constituem o corpus da pesquisa e foram submetidos à Análise de Conteúdo. Os resultados apontam que os mesmos estão relacionados à: experiências em sala de aula; interpretações e sentidos que os alunos atribuem aos Textos de Divulgação Científica (TDC); produção e avaliação de materiais didáticos; e utilização dos TDC em atividades de estágios supervisionados. Foi possível também identificar a sala de aula como um espaço favorável à circulação de ideias e que a divulgação científica pode influenciar deslocamentos de sentidos, corroborando para a possível formação de coletivos de pensamento que compartilhem de visões da ciência como uma construção coletiva. Por fim, defendemos que a divulgação científica precisa se fazer presente no espaço escolar desde a educação fundamental, nível em que ocorreu o menor número de intervenções, face ao seu potencial como interface para uma alfabetização científica.

Palavras-chave: Divulgação científica. Práticas em sala de aula. Ludwik Fleck. Educação em Ciências.

Biografia do Autor

Nara Alinne Nobre-Silva, UnB/ IFGoiano

Doutoranda em Educação em Ciências pela Universidade de Brasília. Professora de Química no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano Campus Iporá.

Roberto Ribeiro da Silva, Universidade de Brasília

Doutor em Química pela Universidade Federal de São Carlos. Professor Colaborador Voluntário – Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências, Instituto de Química, Universidade de Brasília.

Downloads

Publicado

2020-12-08