“Come frio, come quente, come o que vê pela frente”: compreensões de alunos do 5° ano sobre alimentação saudável e obesidade a partir do documentário Muito Além do Peso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v9.n2.a4079

Resumo

Resumo: Este relato de experiência emerge como um continuum das reflexões de constituição e formação docente de uma professora iniciante na área de Ciências no Ensino Fundamental. O objetivo deste trabalho é analisar e refletir sobre o documentário “Muito além do peso” e a experiência de sua utilização nas aulas de Ciências. Nesta atividade, partiu-se do problema prático: quais são as compreensões dos alunos do 5º ano sobre a importância de uma alimentação saudável? E sobre a obesidade infantil? O que pensam os alunos sobre o documentário? A partir destes questionamentos, a atividade buscou aproximar os conteúdos estudados com o cotidiano dos alunos, considerando a realidade do país, possibilitando o acesso a conhecimentos científicos de forma educativa, crítica e reflexiva. Os alunos do 5º ano assistiram ao documentário, que tem como tema principal a obesidade infantil. A atividade foi sistematizada através de um questionário que contemplou cinco questões abertas que buscaram reunir opiniões e reflexões dos estudantes sobre o tema apresentado. Os alunos descreveram a temática apresentada; retrataram o personagem mais marcante; detalharam os fragmentos que mais chamaram atenção; opinaram sobre a parte que mais gostaram; e refletiram sobre a sua própria alimentação. Foi possível ver a reflexão e a consciência sobre o tema da alimentação e da obesidade quando houve esta abordagem mais integral do conhecimento, indo além da visão disciplinar em Ciências Naturais, ocasião em que se abordaram questões críticas que vincularam as temáticas da alimentação saudável e obesidade a outras áreas, como da Psicologia, dos âmbitos social, cultural e da saúde.

Palavras-chave: Educação alimentar. Ensino de Ciências. Obesidade infantil.

Biografia do Autor

Larissa Lunardi, Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus Cerro Largo

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências, Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus Cerro Largo. Licenciada em Ciências Biológicas, Instituto Federal Farroupilha, Campus Santa Rosa.

Rúbia Emmel, Instituto Federal Farroupilha

Doutora em Educação nas Ciências. Professora da área de Pedagogia no Instituto Federal Farroupilha, Câmpus Santa Rosa. Professora colaboradora permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências, Universidade Federal Fronteira Sul, Campus Cerro Largo.

Downloads

Publicado

2020-12-08