Relações entre ciência, tecnologia e sociedade em uma oficina temática sobre aditivos alimentares

Autores

  • Naiade Regina Pinto Universidade Federal de São Carlos
  • Tathiane Milaré Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v9.n1.a4015

Resumo

Resumo: Os objetivos deste artigo são investigar o desenvolvimento e as contribuições de uma oficina temática para a abordagem contextualizada de conhecimentos científicos e das relações CTS, bem como discutir alguns indicadores do ensino de ciências para a cidadania. Para isso, uma oficina temática sobre aditivos alimentares foi elaborada e realizada no contexto de um projeto de extensão universitária. Como resultados, verificou-se que as oficinas podem ser uma estratégia eficaz para promover estudos sobre a ciência de forma interligada à tecnologia e à sociedade, contribuindo para a divulgação científica e para a formação docente. Além disso, são apontadas algumas estratégias que favorecem a participação, reflexão e discussão, ações necessárias para a educação científica.

Palavras-chave: Extensão. Formação docente. Ensino de química.

Biografia do Autor

Naiade Regina Pinto, Universidade Federal de São Carlos

Possui graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Federal de São Carlos (2019). Atualmente é Assistente de Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento de Aromas - Carlos Cramer Produtos Aromáticos do Brasil. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química e em Pesquisa e Desenvolvimento de Aromas Doces e Salgados.

Downloads

Publicado

2020-07-02