Fomento da pesquisa científica nacional: o auxílio financeiro ao pesquisador na chamada universal

  • Marcos César Chaves da Fonseca Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Ricardo Barros Sampaio Universidade de Brasília
  • Angela Terezinha de Souza Wyse Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

Resumo: No modelo de desenvolvimento científico nacional, fração expressiva dos projetos de pesquisa são fomentados por chamadas públicas, que estabelecem os critérios para a seleção das propostas de maior relevância e de mérito científico. A Chamada Pública Universal do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) apoiou, no período de 2005 a 2016, diferentes instituições, precisamente 569, distribuídas em todo o território nacional. Dessas instituições, 52% eram Instituições de Ensino Superior (IES) e 40% delas possuíam Programas de Pós-Graduação (PPG). Grande parte dos recursos apoiados, cerca de 86%, foram para as grandes áreas tradicionais do conhecimento e para a compra de bens e equipamentos. A produção do conhecimento dessas instituições demonstrou sensibilidade aos grandes temas nacionais, como no caso do surto do zika vírus, de 2015, ocasião em que foram submetidos 179 trabalhos sobre o tema. Contudo, o modelo de fomento necessita ser aperfeiçoado e adequar-se às demandas dos núcleos produtores do conhecimento e da sociedade.

Palavras-chaves: Fomento. Programa de Pós-Graduação. Promoção de pesquisa científica.

 

NATIONAL FOSTERING SCIENTIFIC RESEARCH: FINANCIAL SUPPORT TO THE RESEARCHER IN THE UNIVERSAL CALL 

Abstract: In the model of national scientific development, the expressive fraction of the research projects are fomented by public calls, which establish the criteria for the selection of proposals of greater relevance and scientific merit. The Universal Public Call of the National Council of Scientific and Technological Development (CNPq) supported, between 2005 and 2016, different institutions, precisely 569, distributed throughout the national territory. Of these institutions, 52% were Higher Education Institutions (HEI) and 40% of them had Postgraduate Programs (PPG). A large part of the resources supported, about 86%, went to the large traditional areas of knowledge and to the purchase of goods and equipment. The knowledge production of these institutions showed sensitivity to the major national issues, as in the case of the zika virus outbreak of 2015, when 179 papers were submitted on the subject. However, the model of development needs to be improved and adapted to the demands of the knowledge-producing nuclei and society.

Keywords: Fostering. Graduate program. Scientific research promotion.

Biografia do Autor

Marcos César Chaves da Fonseca, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

O autor é doutorando no programa de pós-graduação em educação em ciências: química da vida e saúde na UFRGS. Atua na análise de dados do fomento à CT&I e acompanha chamadas públicas ligadas as agência de fomento nacional.

Ricardo Barros Sampaio, Universidade de Brasília
Cientista de Dados com foco em Estudos da Ciência & Tecnologia. Aplicação de métodos de Análise de Redes Complexas e visualização de dados relacionais, mineração de texto e aprendizado de maquina. Doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília - UnB (2011-2015), com estágio de pesquisa (Doutorado Sanduíche) na Toulouse Business School e no Institut de Recherche en Informatique de Toulouse (IRIT), Université Paul Sabatier - França (2013-2014) com bolsa de pesquisa pela CAPES. Foco da pesquisa em Análise de Redes Complexas como instrumento de apoio a tomada de decisão; Mestrado em Administração de Empresas pela Bond University - Austrália (2003); Especialização em Melhoria do Processo de Desenvolvimento de Software pela Universidade de Lavras - UFLA (2006); Graduação em Engenharia Elétrica pelo City College of New York - CCNY - EUA (1999). Projetos de pesquisa com foco na aplicação dos métodos de Análise de Redes Complexas e validação de metodologia para obtenção e tratamento de informações estratégicas na área de Ciência, Tecnologia e Sociedade. Recuperação e tratamento de dados com aplicação de análise estatística, análise de redes e análise semântica. Tratamento de grandes bases de dados e utilização de ferramenta estatística de linguagem de programação descritiva R. Análise de dados de publicação científica e patentes com a utilização de programas para aprendizado de máquinas. Pesquisador do Núcleo de Redes e Colaboratório de Ciência Tecnologia Sociedade da Fiocruz Brasília; Professor e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília Professor e Pesquisador no Mestrado Profissional de Políticas Públicas em Saúde e na especialização em Saúde Coletiva pela Escola Fiocruz de Governo Consultor com foco em Big Data, Análise de Redes Sociais, Segurança da Informação, Governança de TI, Melhoria de Processos, Serviços de TI (ITIL), Planejamento Estratégico, Gerenciamento de Projetos;
Angela Terezinha de Souza Wyse, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível- 1A. Professora Titular de Bioquímica, ICBS, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Possui Mestrado e Doutorado pela UFRGS. É Membro titular da Academia Brasileira de Ciências.. Atua nas áreas de Bioquímica e Neurociência, com ênfase em neuroproteção e doenças neurometabólicas hereditárias. Publicou mais de 360 artigos científicos em revistas internacionais de referência na sua área e formou mais de 60 mestres e doutores. É Membro do Comitê Editorial e Revisor de periódicos reconhecidos na área, bem como do Comitês Assessores do CNPq e FAPERGS. Há mais de 5 anos desenvolve um projeto de difusão da ciência, enfocando a neurociência e a interdisciplinaridade, para crianças de Escolas Públicas de Porto Alegre, com o objetivo de incentivar o gosto pelo estudo, ciência e saúde. Foi agraciada com o Prêmio CAPES-ELSEVIER, que reconhece pesquisadores e a sua contribuição para o desenvolvimento da ciência pesquisadores que em sua carreira acadêmica apresentam uma produção de alto impacto e excelência retratada na base de dados Scopus,. Recebeu o Prêmio Pesquisador Gaúcho - FAPERGS 2018, na área Ciências Biológicas, Recentemente, foi eleita Membro Titular da Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences - TWAS), na área Médica e Ciências da Saúde (Neurociências), que reconhece a contribuição de pesquisadores para a ciência e sua promoção no mundo em desenvolvimento. Há mais de 5 anos desenvolve um projeto de difusão da ciência, enfocando a neurociência e a interdisciplinaridade, para crianças de Escolas Públicas de Porto Alegre, com o objetivo de incentivar o gosto pelo estudo, ciência e saúde.
Publicado
2019-07-05