Reflexões sobre os cursos de Licenciatura em Química do Rio Grande do Sul: elementos do Enade de 2011

Autores

  • Carlos Ventura Fonseca IFRS
  • Flávia Maria Teixeira dos Santos ÚFRGS

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v4.n2.a1913

Resumo

Resumo: Muitas pesquisas contemporâneas têm apontado os problemas dos Cursos de Licenciatura em Química, principalmente aqueles ocasionados pelo desequilíbrio na articulação entre os componentes teóricos e os componentes práticos das estruturas curriculares dos cursos. Neste trabalho, realizamos um movimento exploratório de pesquisa sobre os dados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes de 2011, centrado na análise documental, que buscou caracterizar o perfil geral dos Cursos de Licenciatura em Química no Rio Grande do Sul. As evidências mostraram que os estudantes são majoritariamente oriundos de escolas públicas, tendo renda familiar de até 3 salários mínimos. Os extratos analíticos também revelaram que, apesar de a maior parte dos cursos ter obtido conceitos satisfatórios no exame, houve críticas dos estudantes dirigidas à falta de integração entre as disciplinas presentes nas estruturas curriculares e à fragilidade da preparação profissional, decorrente dessa característica.

Palavras-chave: Formação docente. ENADE. Currículo. Educação em Química.

 

REFLECTIONS ON THE CHEMISTRY TEACHER TRAINING PROGRAMS IN RIO GRANDE DO SUL: THE ELEMENTS OF ENADE 2011

Abstract: Many contemporary researches have pointed to the problems tied to Chemistry Teacher Training Programs, particularly those caused by the imbalance in the relationship between the theoretical and practical components in their curriculum framework. In this paper, we propose exploratory research on data from the National Survey of Student Performance 2011, focused on documentary analysis, which aimed to characterize the general profile of the Chemistry Teacher Training Programs in Rio Grande do Sul, Brazil. Results showed that students are mostly from public schools, with family income up to 3 minimum wages. Analytic extracts also revealed that although most of the programs have obtained satisfactory scores in that exam, there was criticism directed by students to the lack of integration between disciplines presented in the curriculum frameworks and the weakness of professional preparation which arises from this feature.

Keywords: Teacher training. ENADE. Curriculum. Chemistry education.

 

Biografia do Autor

Carlos Ventura Fonseca, IFRS

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2014), com Mestrado em Química, na linha de pesquisa Educação em Química (2010) e Licenciatura em Química (2007) na mesma universidade. Foi professor da rede estadual e da rede particular de ensino médio do Rio Grande do Sul durante 5 anos. Desde 2013 atua como professor efetivo do magistério federal, tendo vínculo com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Nessa instituição, lidera o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação em Ciências (NEPEC). Tem experiência na área de Educação em Química/Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: representações sociais, ensino de Química/Ciências, materiais didáticos e formação inicial e continuada de professores.

Flávia Maria Teixeira dos Santos, ÚFRGS

Flávia Maria Teixeira dos Santos é Professora Associada da Faculdade de Educação, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Licenciada em Química pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Formiga (1990), Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996) e Doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001). Fez pós-doutorado no Instituto de Educação da Universidade de Londres, de 2011 a 2012. Foi professora da Educação Básica por 13 anos e, desde 2001, atua na educação superior, com experiência na docência e na pesquisa. Foi coordenadora da Coordenadoria das Licenciaturas da UFRGS no período de 2009 a 2011. Coordenou o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) e o Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI-CAPES-UC) na UFRGS. É co-editora da Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI). Seus interesses de pesquisa concentram-se na formação de professores, dinâmica das interações, interações discursivas em sala de aula e ensino-aprendizagem de Química.

Downloads

Publicado

2015-12-02