Investigando as raízes quadradas no sexto ano

Autores

  • Anelise Pereira Baur Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS

DOI:

https://doi.org/10.35819/remat2016v2i1id1294

Palavras-chave:

Investigação, Educação, Matemática, Resolução de Problemas, Ensino-Aprendizagem

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar uma metodologia para o ensino-aprendizagem do conceito de raiz quadrada através do processo de Investigação Matemática e de Resolução de Problemas, para uma turma do sexto ano do Ensino Fundamental. Para o desenvolvimento deste trabalho baseou-se na interpretação geométrica para a raiz quadrada, utilizando para isso a área de quadrados e a medida do seu lado. Para tanto, utilizou-se a construção destes quadrados em uma folha quadriculada como procedimento metodológico, a fim de que os alunos pudessem perceber a relação entre o número de quadradinhos da área de cada quadrado, com a medida de seu lado, apresentando um significado concreto para o conceito de raiz quadrada. A relevância deste trabalho encontra-se no fato de ele se mostrar como uma alternativa interessante para os alunos significarem raízes quadradas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anelise Pereira Baur, Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS

Licenciada em Matemática e atual mestranda em Ensino de Matemática pela UFRGS. Professora de Matemática na Escola Municipal de Ensino Fundamental João Antonio Satte, pertencente à Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre.

Referências

DANTE, Luiz Roberto. Projeto Teláris: Matemática, 6º ano. 1. ed. São Paulo: Ática, 2012.

GRAY, David E. Pesquisa no mundo real: métodos de pesquisa. 2. ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

LAZZARI, Luana; LIMA, Marcos Pinheiro de; SCHULZ, Julhane Alice Thomas. Resolução de problemas contextualizados por meio da investigação matemática. In: ENCONTRO GAÚCHO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11., 2012, Lajeado. Anais do XI Encontro Gaúcho de Educação Matemática. Lajeado: Univates, 2012.

MEGID, Dora. Construindo Matemática na sala de aula: uma experiência com os números relativos. In: FIORENTINI, Dario (Org.). Por trás da porta, que Matemática acontece? Campinas: Ilion, 2010.

MILANI, Raquel. Diálogo e incerteza em Educação Matemática. In: ENCONTRO GAÚCHO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11., 2012, Lajeado. Anais do XI Encontro Gaúcho de Educação Matemática. Lajeado: Univates, 2012.

POLYA, George. A arte de resolver problemas: um novo aspecto do método matemático. Rio de Janeiro: Interciência, 1977.

______. O ensino por meio de problemas. Revista do Professor de Matemática, São Paulo, n. 7, p. 11-16, 1985.

PONTE, João Pedro da; BROCARDO, Joana; OLIVEIRA, Hélia. Investigações matemáticas na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

SARAIVA, Lucilene Oenning; BISOGNIN Vanilde. Convergência de sequências numéricas por meio da investigação matemática. In: ENCONTRO GAÚCHO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11., 2012, Lajeado. Anais do XI Encontro Gaúcho de Educação Matemática. Lajeado: Univates, 2012.

ZUFFI, Edna Maura; ONUCHIC, Lourdes de la Rosa. O ensino-aprendizagem de Matemática através da resolução de problemas e os processos cognitivos superiores. Revista Iberoamericana de Educación Matemática, São Paulo, n. 11, p. 79-97, 2007.

Downloads

Publicado

2016-07-18

Como Citar

BAUR, A. P. Investigando as raízes quadradas no sexto ano. REMAT: Revista Eletrônica da Matemática, Bento Gonçalves, RS, v. 2, n. 1, p. 98–112, 2016. DOI: 10.35819/remat2016v2i1id1294. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/1294. Acesso em: 4 out. 2023.

Edição

Seção

Ensino de Matemática