Investigando aspectos da alfabetização científica a partir de produções escritas de estudantes do ensino médio

Autores

  • Jean Karlo Silva de Miranda
  • Wilmo Ernesto Francisco Junior Universidade Federal de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v9.n1.a3823

Resumo

Resumo: Este trabalho foi desenvolvido a partir de uma unidade didática sobre soluções aquosas, realizada com 40 estudantes do segundo ano do Ensino Médio de uma escola pública, com o intuito de contribuir para o processo de alfabetização científica. A unidade foi iniciada com uma situação problematizadora, apresentada por meio de uma estória em que três personagens expunham visões distintas acerca dos impactos ambientais em função do desastre ocorrido em Mariana/MG. Ao final, foi solicitado aos participantes para finalizarem a estória, que foi objeto de investigação por meio de análise de conteúdo. O objetivo foi avaliar o processo de alfabetização científica dos estudantes mediante a manifestação de indicadores. Os resultados mostraram diferentes indicadores de alfabetização científica, sendo o eixo compreensão de termos e conceitos o mais evidenciado (29 produções). Indicadores sobre as relações entre ciência e sociedade foram identificados em 22 produções e indicadores sobre a natureza da ciência apareceram em menor quantidade (seis produções). A produção textual mostrou-se adequada para a análise dos indicadores, inclusive por mostrar a ausência ou o silenciamento de alguns.

Palavras-chave: Alfabetização científica. Unidade didática. Soluções aquosas.

Downloads

Publicado

2020-07-03