Estágio de docência em química: um estudo documental sobre a construção de saberes profissionais na educação básica

  • Carlos Ventura Fonseca UFRGS
  • Charles Silveira Nunes UFRGS

Resumo

Resumo: Este trabalho busca relatar e problematizar os aprendizados decorrentes das ações de um professor estagiário, no âmbito de uma atividade de ensino do curso de Licenciatura em Química da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, tendo como principais referências teóricas as ideias de autores como Tardif e Nóvoa. O estágio foi supervisionado e realizado em uma escola pública estadual da capital gaúcha, em duas turmas de 1ª série do ensino médio. Trata-se de um estudo qualitativo exploratório, baseado em uma única fonte documental (o relatório final produzido pelo estagiário), de modo que foi realizada a análise de conteúdo da produção textual citada. Os resultados apontaram a ocorrência de quatro movimentos formadores de grande importância para a construção de saberes profissionais: observações do espaço escolar (fatores materiais, sociais, ambientais, econômicos, dentre outros), estudo de referenciais teóricos (envolvendo material didático, avaliação, resolução de problemas e modelos de ensino de Ciências da Natureza), regência de classe e construção de reflexões pessoais do professor estagiário sobre o trabalho na sala de aula (incluindo aspectos como: conhecimento sobre os conteúdos a serem trabalhados, tato pedagógico e relação entre teoria e prática). Constataram-se, assim, diferentes aprendizagens do professor estagiário decorrentes de seu trabalho na Educação Básica, bem como os dados analisados reforçaram a relevância da adoção de relatórios de estágio como fonte documental de pesquisas que se debruçam sobre a formação inicial de professores.

Palavras-chave: Formação docente. Estágio de docência. Ensino de Química. Saber docente.

 

CHEMISTRY TEACHING INTERNSHIP: A DOCUMENTAL STUDY ON THE CONSTRUCTION OF PROFESSIONAL KNOWLEDGE IN BASIC EDUCATION. 

Abstract: This work seeks to report and problematize the learning resulting from the actions of a trainee teacher, within the framework of a teaching activity of the Teaching degree in Chemistry program of the Federal University of Rio Grande do Sul  taking as main theoretical references the ideas of authors such as Tardif and Novoa. The internship was supervised and carried out in a state public school in the capital of Rio Grande do Sul in two high school classes. This is a qualitative exploratory study based on a single documental source (the final report produced by the trainee) so that the content analysis of the textual production aforementioned was carried out. The results point to the occurrence of four formative movements of great importance for the construction of professional knowledge: observations of the school space (material, social, environmental, economic factors, among others), study of theoretical references (involving teaching  materials, assessments, troubleshooting and models of teaching of natural sciences), class regency and construction of personal reflections of the teacher-trainee on the work in the classroom (including aspects such as: knowledge about the contents to be worked, pedagogical tact and relationship between theory and practice). Thus, different  learnings by the trainee teacher deriving from his work in Basic Education were verified as well as the data analyzed reinforced the relevance of the adoption of traineeship reports as documental  source of researches that focus on the initial teacher training.

Keywords: Teacher training. Teaching internship. Chemistry teaching. Teaching  knowledge.

Biografia do Autor

Carlos Ventura Fonseca, UFRGS
Carlos Ventura Fonseca é professor adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com atuação no Departamento de Ensino e Currículo (DEC) da Faculdade de Educação (FACED). Possui doutorado em Educação (2014), com tese versando sobre a formação de professores de Química e estruturas curriculares das licenciaturas. Em 2010, obteve o título de mestre em Química, com dissertação desenvolvida na linha de pesquisa Educação em Química. Em 2007, graduou-se em Licenciatura em Química. Toda a formação acadêmica (graduação e pós-graduação) foi realizada na UFRGS. Foi professor da rede estadual e da rede privada de ensino médio do Rio Grande do Sul (2007-2013). Atuou no ensino técnico de nível médio, quando foi professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (2013-2017). Tem experiência em docência e pesquisa na área de Educação em Química, atuando principalmente nos seguintes temas: representações sociais, ensino de Química e Ciências, materiais didáticos, formação inicial e formação continuada de professores. 
Charles Silveira Nunes, UFRGS
Egresso do curso de Licenciatura em Química - UFRGS.
Publicado
2019-07-05