Notas sobre o saber da experiência: educação ambiental e o poder ubuesco

Autores

  • Isabel Cristina Dalmoro Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Suelen Assunção Santos Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v7.n2.a3134

Resumo

Resumo: ‘Experiência’ é entendida como aquilo que nos passa, que nos acontece e que nos toca. Em vista disso, esse relato de experiência toma o sentido de relato de um estudo que nos tocou, nos aconteceu e nos deixou vestígios. Assim sendo, a narrativa que segue refere-se a um relato de experiência sobre um estudo de Mestrado integrado à Linha de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde – UFRGS, que investiga como os efeitos dos discursos e das práticas sociais processadas em diferentes instâncias atuam na produção de verdades e de sujeitos, tendo como base a perspectiva pós-estruturalista. O estudo teve como objetivo examinar noções pertinentes à filosofia de Michel Foucault que servissem como ferramentas analíticas para lançar novos olhares sobre a Educação Ambiental. O propósito desse texto é apresentar como transcorreu o encontro entre a referida educação e a noção de poder ubuesco, mencionado pelo autor apenas nas duas primeiras aulas que integralizam a obra Os Anormais (1974-1975). Por conta deste encontro, tendo como base o método da Cartografia, em que se buscou apresentar os mapas dos sentidos que a categoria do ubuesco alcançou, obteve-se como resultado a elaboração e a submissão de um artigo no qual a noção de poder ubuesco foi operada com o contexto da crise ambiental vigente. O presente relato abordará a experiência percorrida até a escrita do artigo submetido, apresentando os principais passos do percurso realizado.

Palavras-chave: Educação Ambiental. Experiência. Poder ubuesco. Pós-estruturalista.

 

NOTES ABOUT THE KNOWLEDGE OF EXPERIENCE: ENVIRONMENTAL EDUCATION AND UBUESCO POWER

 Abstract: Experience is understood as what passes us, happens to us, and touches us. In view of this, this experience report takes the sense of a report of a study that touched us, happened to us and left traces in us. Therefore, the following narrative refers to an experience report about a master’s degree study embedded to the Research line of the Postgraduate studies Program in Education in Sciences: Chemistry of Life and Health – UFRGS, that investigates how the effects of the speeches and social practices processed in different instances act in the production of truths and subjects, having as base the poststructuralist perspective. The study had as objective to examine notions pertinent to the Michel Foucault’s philosophy that worked as analytical tools to give new looks about Environmental Education. The purpose of this text is to present how happened the meeting between the referred education and the notion of ubuesque power, mentioned by the author only in the two first classes that integrate the work Abnormal (1974-1975). On account of this meeting, having as base the Cartography method, in which it was sought to present the maps of senses that the ubuesque category reached, it was obtained as result the elaboration and submission of a paper in which the notion of ubuesque power was operated with the context of the present environmental crisis. This report will approach the experience traveled until the writing of the submitted paper, presenting the main steps of the accomplished course.

Keywords: Environmental Education. Experience. Ubuesque Power. Poststructuralist.


Biografia do Autor

Isabel Cristina Dalmoro, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (UFRGS). Especialista em Educação Ambiental (FURG). Licenciada e Bacharela em Filosofia (UFRGS).

Suelen Assunção Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em Educação (UFRGS); Mestra em Educação (UFRGS); Especialista em Tutoria em EaD (UFRGS); Licenciada em Matemática (UFRGS). Atualmente é Professora do Departamento Interdisciplinar (UFRGS) e Professora do PPG em Educação em Ciências:Química da Vida e Saúde (UFRGS).

Downloads

Publicado

2018-12-06

Edição

Seção

Espaço Plural