A natureza da ciência na sala de aula: conhecendo concepções e possibilidades no ensino de Ciências

  • Francisco Alves Santos Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca–UECE/FACEDI e Bolsista de Iniciação Científica UECE-FUNCAP
  • Isabel Cristina Higino Santana Professora Adjunta do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca –UECE/FACEDI
  • Andréa Pereira Silveira Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca. http://orcid.org/0000-0001-6785-5319

Resumo

Resumo: Pensar o ensino de Ciências exige do professor múltiplas perspectivas de atuação que possibilite ao aluno compreender a Ciência em seus diversos aspectos sociais, culturais, tecnológicos, religiosos e políticos. Assim o objetivo deste estudo foi conhecer as concepções sobre a Natureza da Ciência (NdC) e seu uso no ensino de Ciências Naturais, especificamente Biologia e Química. O estudo de caráter qualitativo teve como técnica de coleta de dados a entrevista, desenvolvida com cinco professores atuantes em escolas estaduais de ensino médio no munícipio de Amontada-Ceará. As informações foram transcritas e analisadas pela análise de conteúdo de Bardin. Foi verificado que, apesar do desconhecimento quanto ao termo NdC, falas destacam esse elemento de forma discreta no fazer pedagógico dos sujeitos investigados. Elementos que compõem a História e Filosofia da Ciência têm sido contemplados na formação inicial destes professores, através de disciplinas específicas de cada curso, porém os trabalhos com a temática basicamente restringem-se a esta etapa da formação. Apesar do limitado entendimento sobre o tema, os entrevistados discorrem em suas lembranças, de momentos em que empregaram o uso da mesma com entusiasmo e maior envolvimento nas situações de aprendizagens propostas. Neste sentido, entende-se que o emprego das perspectivas de ensino com foco na NdC podem fortalecer o processo de aprendizagem e contribuir para a compreensão da Ciência, seus contributos e implicações, favorecendo o desenvolvimento de um sujeito critico acerca do conhecimento científico e da sua atuação na sociedade.

Palavras-chave: História e Filosofia da Ciência. Formação de Professores. Educação em Ciências.

 

THE NATURE OF SCIENCE IN THE CLASSROOM: KNOWING CONCEPTIONS AND POSSIBILITIES FOR SCIENCE TEACHING

Abstract: Thinking about the teaching of science requires the teacher to have multiple perspectives that enable the student to understand science in its various social, cultural, technological, religious and political aspects. Thus the objective of this study was to know the conceptions about the Nature of Science (NdC) and its use in the teaching of Natural Sciences, specifically Biology and Chemistry. This qualitative study used inteviewing as methodology to data collection. Five teachers working in public high schools in the city of Amontada-Ceará acted as the investigated subjects. The information was transcribed and analyzed by the Bardin content analysis. It was verified that, despite the lack of knowledge regarding the term Nature of Science, statements emphasize this element in a discreet way in the investigated subjects’ pedagogical practices. Elements which form the History and Philosophy of Science have been contemplated in the initial training of these teachers through specific subjects, but the work with that theme has been restricted basically to this stage of education. Despite the limited understanding of the subject, the interviewed subjects bring back in their memories moments in which they used the theme with enthusiasm and greater involvement in proposed learning situations. In this sense, it is understood that the use of teaching perspectives focused on NdC can strengthen the learning process and contribute to the understanding of Science, its contributions and implications, thus helping the development of a critical subject about scientific knowledge and its social performance.

Keywords: History and Philosophy of Science. Teacher training. Education in Sciences.

Biografia do Autor

Francisco Alves Santos, Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca–UECE/FACEDI e Bolsista de Iniciação Científica UECE-FUNCAP
Licenciando em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca–UECE/FACEDI e Bolsista de Iniciação Científica UECE-FUNCAP
Isabel Cristina Higino Santana, Professora Adjunta do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca –UECE/FACEDI

Professora Adjunta de Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca. Coordenadora de área do Programa PIBID-Bio/FACEDIunta. Professora do Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO.

Possui experiência na área de Educação, com ênfase em formação de professores, atuando principalmente nos seguintes temas: Ensino de Ciências, Formação Docente, Ensino de Biologia, Modalidades e Estratégias didáticas metodológicas. 

Andréa Pereira Silveira, Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca.

Professora Adjunta de Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Ceará, Campus da Faculdade de Educação de Itapipoca. Pofessora do Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO.

Publica artigo em revistas nacionais e internacionais com os temas em que pesquisa que são: Ecologia com enfase em em: Estrutura e dinâmica de Populações Vegetais, Ensino de Ecologia, Florística e Fitossociologia e Ensino de Botânica..

Publicado
2017-12-20