Políticas de integração curricular para a educação básica e profissional

Silvia de Siqueira, Leticia Ramalho Brittes, Juliana Mezomo Cantarelli

Resumo


Resumo: Esta pesquisa busca desenvolver uma análise discursiva da produção curricular dos cursos destinados à educação básica e profissional no âmbito do Instituto Federal Farroupilha. Interroga-se sobre os movimentos de integração e desintegração curriculares nos cursos de modalidade de ensino integrada. Busca-se analisar como tais movimentos, por meio de práticas articulatórias, produzem sentidos na organização do trabalho docente, especificamente no que tange ao processo ensino-aprendizagem. O desenvolvimento desta pesquisa justifica-se pelos desafios e dificuldades diárias que docentes, gestores e estudantes enfrentam na construção de uma educação efetivamente integral, conforme os pressupostos democráticos que orientam a proposta de integração nas normativas em vigência. Trata-se de um estudo qualitativo que se sustenta nas contribuições das teorias educacionais desenvolvidas por Apple, Beane e Stephen Ball; da teoria discursiva de Ernesto Laclau e Chantal Mouffe. Como contexto de análise, a pesquisa parte da Lei 9.394/1996 e análise das principais políticas públicas educacionais para a educação básica e profissional. Espera-se como resultado a geração de oportunidades para o desenvolvimento de currículos efetivamente integrados que se sustentem em propostas engajadas com a redução das desigualdades sociais, oferecendo meios de acesso, permanência e sucesso escolares para os estudantes. Considera-se que a integração curricular está ligada ao conceito mais amplo de educação democrática. Portanto, ela parte dos problemas reais que incitam a participação dos estudantes na exposição das suas próprias experiências com vistas à produção de um currículo justo que se abre à amplitude e apelo às práticas democráticas, configurando-se como um aspecto crucial da concepção do currículo.

Palavras-Chave: Integração curricular, Políticas educativas; Trabalho docente.


CURRICULAR INTEGRATION POLICIES FOR BASIC AND VOCATIONAL EDUCATION

Abstract: This research aims to develop a discursive analysis of the curricular production of the courses focused on basic and professional education in the scope of the Federal Institute Farroupilha. It investigates the movements of curriculum integration and disintegration in the courses of integrated education. It seeks to analyze how these movements, through articulatory practices, produce meanings in the organization of teaching, especially in teaching-learning processes. The development of this research is justified by the daily challenges and difficulties that teachers and students face in the construction of a fully integrated education, according to the democratic presuppositions which guide the proposal of integration in the current regulations. This is a qualitative study based on the contributions of the educational theories developed by Apple, Beane and Stephen Ball; and the discursive theory of Ernesto Laclau and Chantal Mouffe. As a context, the research analyzes the Law 9.394/1996 and the main public educational policies for basic and vocational education. Among the results, the generation of opportunities for the development of an effectively integrated curriculum is expected to be sustained by proposals engaged in reducing social inequalities, providing means of access, permanence and success for students. Curricular integration is considered to be linked to a wider concept of democratic education. Therefore, it comes from real problems which lead to the participation of students in the exposition of their own experiences in order to produce a fair curriculum which is opened to the amplitude and appeal of the democratic practices, seen as a crucial aspect of the curriculum conception.

Keywords: Curricular integration. Educational policies. Teaching work.



Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2238-8079

Avaliação CAPES: Qualis B1 (Ensino)

A #Tear:Revista de Educação, Ciência e Tecnologia está indexada ao Diadorim, ao Latindex, ao Ibict e ao PDOAJ.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page