Formação inicial e condições de trabalho de professores de Ciências da Natureza: estudo de elementos relacionados à formação continuada

Autores

  • Carlos Ventura Fonseca UFRGS
  • Fabiane de Andrade Ramos UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v6.n1.a2100

Resumo

Resumo: A proposta deste artigo é descrever uma investigação qualitativa, caracterizada como estudo de casos múltiplos, que envolveu sete professores da área de Ciências da Natureza que atuam em uma escola pública estadual do Rio Grande do Sul. Objetivou-se que esses movimentos de pesquisa fornecessem elementos considerados indicadores específicos para a construção de ações futuras de formação continuada. Tendo-se como referência a produção acadêmica contemporânea da área educacional e as diretrizes nacionais para as licenciaturas, foi construído e aplicado um questionário com questões abertas e fechadas, utilizando-se análise de conteúdo como técnica interpretativa das respostas descritivas. As análises efetuadas revelaram aproximações e afastamentos entre as visões dos sujeitos sobre as virtudes e fraquezas pertencentes aos respectivos cursos de formação inicial, bem como especificidades das condições de trabalho e do perfil profissional de cada docente que apresenta potencial para nortear, ainda que de modo parcial, o planejamento desejado.

Palavras-chave: Formação docente. Trabalho docente. Educação em Ciências. 



INITIAL EDUCATION AND WORKING CONDITIONS OF NATURAL SCIENCES TEACHERS: STUDY OF ELEMENTS RELATED TO CONTINUED EDUCATION

 

Abstract: The purpose of this article is to describe a qualitative investigation characterized as a multiple case study involving seven professors from the Natural Sciences area who work in a state public school in Rio Grande do Sul, Brazil. These research movements were designed to provide elements regarded as specific indicators in which to base the construction of future actions for continued education. Referring to the contemporary academic production within educational area and national guidelines for undergraduate courses, a questionnaire with open and closed questions was designed and applied using content analysis as an interpretive technique of descriptive answers. Analyses carried out revealed approximations and withdrawals between the subjects' views on the virtues and weaknesses belonging to respective initial education courses, as well as specificities of working conditions and  professional profile of each teacher who has the potential to guide albeit in partially the desired planning.

Keywords: Teacher education. Teaching Work. Science Education.

Biografia do Autor

Carlos Ventura Fonseca, UFRGS

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2014). Possui mestrado em Química (linha de pesquisa: Educação em Química) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010) e graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007). Foi professor da rede estadual e da rede privada de ensino médio do Rio Grande do Sul (2007-2013) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (2013-2017). Atualmente é professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sendo lotado no Departamento de Ensino e Currículo da Faculdade de Educação. Tem experiência na área de Educação em Química, atuando principalmente nos seguintes temas: representações sociais, ensino de Química e Ciências, materiais didáticos, formação inicial e formação continuada de professores.

Fabiane de Andrade Ramos, UFRGS

Licenciada em Química, professora de Química no ensino médio da rede estadual do Rio Grande do Sul e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde - UFRGS.

Downloads

Publicado

2017-07-09

Edição

Seção

Seção Livre