O uso de mapas conceituais no ensino de Física

Autores

  • Francisco Halyson Ferreira Gomes Instituto Federal de Educação do Ceará
  • Ewerton Wagner Santos Caetano Instituto Federal de Educação do Ceará
  • Francisco Régis Vieira Alves Instituto Federal de Educação do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v6.n1.a2046

Resumo

Resumo: O objetivo deste trabalho é investigar os conhecimentos sobre Gravitação de alunos da disciplina Física Geral 2 do curso de Licenciatura em Física do Instituto Federal de Educação do Ceará IFCE. Para isso utilizamos como instrumento de pesquisa o uso de mapas conceituais. Conhecer o que o aluno já sabe sobre determinado assunto é um dos princípios da Teoria da Aprendizagem Significativa (TAS) de David Ausubel. Os mapas desenhados pelos alunos passaram por uma análise quantitativa, ao serem pontuados seguindo as orientações de Joseph Novak, sendo critérios de análise a hierarquia dos conceitos, as proposições válidas, a ligação entre os conceitos e os exemplos. Foi feita uma análise qualitativa dos mapas nos mostrou que conceitos estavam presentes de forma significativa na estrutura cognitiva dos alunos. Os dados mostram que a maioria dos alunos consegue fazer a diferenciação progressiva, quando o aluno é capaz de, a partir de um conceito geral, traçar conceitos mais específicos. Os alunos tiverem dificuldade em dar exemplos sobre Gravitação, bem como em relacionar conceitos presentes em diferentes ramos do mapa desenhado. Estes resultados são úteis para dar suporte ao desenvolvimento de metodologias que tornem o ensino de Física mais significativo, dentre elas o uso de ferramentas tecnológicas digitais.

Palavras-chave:  Mapa conceitual. Ensino de Física. Aprendizagem significativa.

 

 

THE USE OF CONCEPT MAPS IN PHYSICS TEACHING

Abstract: The aim of this paper is to investigate the knowledge about Gravity of Physics’ students of Instituto Federal de Educação do Ceará the (IFCE). For this, we use conceptual maps. Previous knowledge is one of principles from David Ausubel's Significant Learning Theory (TAS). We made a quantitative analysis about the maps drawn by the students, applying for this Joseph Novak’s table to conceptual maps. We analyzed the hierarchy of concepts, the valid propositions, the connections between the concepts and the examples provided. A qualitative analysis of the maps  has revealed  that it conceptualized a significant formation in the students' cognitive structure. The students had difficulty in giving examples, as well as in relating concepts presented in different positions of the map. These results are useful to support the development of methodologies that have made teaching Physics more meaningful, among them the use of digital technological tools.

Keywords: Concept maps. Physics learning. Significative learning.

Biografia do Autor

Francisco Halyson Ferreira Gomes, Instituto Federal de Educação do Ceará

Mestrando do Programa de pós-graduação em ensino de Ciências e Matemática pelo IFCEPossui especialização no ensino de Física pela Universidde Fedral do Ceará, graduação em Física pela Universidade Estadual do Ceará (2008). Atuou como supervisor do Programa Institucional de Bolsa de Iniciaçao à Docência PIBID IFCE Campus Maracanaú. Trabalha como professor efetivo da rede pública de ensino do estado do Ceará. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Ensino de Física. Autor de artigos sobre o uso das tecnologias digitais no ensino de Física e Química.

Ewerton Wagner Santos Caetano, Instituto Federal de Educação do Ceará

Possui graduação em Bacharelado em Física pela Universidade Federal do Ceará (1998), mestrado em Física pela Universidade Federal do Ceará (2000) e doutorado em Física pela Universidade Federal do Ceará (2005). Tem experiência na área de Física, com ênfase em transporte de portadores em materiais semicondutores, propriedades de confinamento quântico em hetero e nanoestruturas semicondutoras, cálculos ab initio em moléculas e cristais de aminoácidos e compostos CaXO3, fármacos e nanoestruturas de carbono.

Francisco Régis Vieira Alves, Instituto Federal de Educação do Ceará

Possui graduação em Bacharelado em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1998), graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1997), mestrado em Matemática Pura pela Universidade Federal do Ceará (2001) e mestrado em Educação, com ênfase em Educação Matemática, pela Universidade Federal do Ceará (2002). Doutorado com ênfase no ensino de Matemática (UFC - 2011) e pós-doutoramento em andamento pela Universidade Trás-os Montes e Alto Douro (Portugal). Atualmente é professor do Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará / CE - 40h/a com DE, do curso de Licenciatura em Matemática. Tem experiência na área de Matemática e atuando principalmente nos seguintes temas: Didática da matemática, História da Matemática, Análise Real, Filosofia da Matemática e Tecnologias aplicadas ao ensino de matemática para o nível superior. Com pesquisa voltada ao ensino de Cálculo I, II, III, Análise Complexa, EDO, Teoria dos Números. E na Universidade Aberta do Brasil, com o ensino a distância de Matemática. Desenvolve pesquisa direcionada para o ensino do Cálculo a Várias Variáveis e sua transição interna. Atua também no Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática (ENCIMA) - UFC. Revisor e parecerista ad hoc dos seguintes periódicos: Vydya Educação, Sinergia - IFSP, Rencima - Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Revista do Instituto Geogebra de São Paulo, Tear - Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Boletim Online de Educação Matemática - BoEM e revista REMAT: Revista Eletrônica da Matemática. Comitê editorial do Boletim Cearense de Educação e História da Matemática (BOCEHM) e Coordenador do Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Matemática - PGECM/IFCE (acadêmico). Membro do Consenho Científico da revista ForSCience - IFMG. Coordenador Institucional do projeto DINTER entre IFCE - UNIAN/SP em Educaçáo Martemática 2015/2018

 

Downloads

Publicado

2017-07-09

Edição

Seção

Espaço Plural