Representações sociais dos combustíveis: reflexões para o ensino de Química e Ciências na abordagem CTS

Autores

  • Carlos Ventura Fonseca IFRS

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v4.n2.a1918

Resumo

Resumo: Este trabalho, identificado com o paradigma do professor-pesquisador, buscou investigar as representações sociais de estudantes de um curso Técnico em Eletrônica integrado ao ensino médio sobre o tema “combustível”. Além disso, procurou identificar como essas informações podem qualificar o trabalho de professores-pesquisadores de Química e Ciências no contexto da sala de aula, especificamente pensando-se em uma abordagem CTS. As opções metodológicas envolveram a aplicação de um questionário contendo três questões interconectadas, que exploraram: respostas descritivas, associação livre de palavras e expressão através de desenho. A análise de conteúdo dos dados obtidos evidenciou que os alunos entendem os combustíveis como materiais relacionados à Química, sendo uma necessidade social para a produção de energia, em que pesem os problemas ambientais decorrentes de seu uso. Os extratos analíticos também revelaram que o estudo das representações sociais, no âmbito das pesquisas educacionais, viabiliza a explicitação das teorias de senso comum dos estudantes e colabora para o planejamento e a efetivação de uma abordagem pedagógica com viés crítico sobre a sociedade, a tecnologia e a ciência.

Palavras-chave: Representações sociais. Combustíveis. Ensino de Química. CTS.

 

SOCIAL REPRESENTATIONS ON FUEL: REFLECTIONS FOR THE CHEMISTRY AND SCIENCE EDUCATION IN STS APPROACH

Abstract: This work, identified with the paradigm of teacher-researcher, sought to investigate the social representations on "fuel" of students belonging to an electronic technical course in integrated high school. Moreover, sought to identify how this information may qualify the work of Chemical and Science teachers-researchers in the context of the classroom, specifically thinking into a STS approach. The methodological choices involved the application of a questionnaire containing three interconnected questions that explored: descriptive answers, free word association and expression through drawing. The content analysis of the data obtained showed that students understand the fuel as related to chemical materials, being a social need for energy production, in spite of the environmental problems arising from its use. Analytical extracts also revealed that the study of social representations in the context of educational research enables the explanation of common sense theories of students and collaborate to the planning and execution of an educational approach with critical bias on society, technology and science.

Keywords: Social representation. Fuel. Chemistry teaching. STS.

Biografia do Autor

Carlos Ventura Fonseca, IFRS

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2014), com Mestrado em Química, na linha de pesquisa Educação em Química (2010) e Licenciatura em Química (2007) na mesma universidade. Foi professor da rede estadual e da rede particular de ensino médio do Rio Grande do Sul durante 5 anos. Desde 2013 atua como professor efetivo do magistério federal, tendo vínculo com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Nessa instituição, lidera o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação em Ciências (NEPEC). Tem experiência na área de Educação em Química/Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: representações sociais, ensino de Química/Ciências, materiais didáticos e formação inicial e continuada de professores.

Downloads

Publicado

2015-12-02

Edição

Seção

Seção Livre