Tecnologia, ciência e o papel da educação: a ponderação da crítica de Theodor W. Adorno

Autores

  • Priscila Monteiro Chaves Universidade Federal de Pelotas
  • Gomercindo Ghiggi Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v1.n2.a1730

Resumo

Resumo: Considerando o avanço das tecnologias bem como o binômio indissociável formado por ela e pela ciência – e consequentemente atrelados à educação –, configurando práticas enraizadas culturalmente na sociedade atual, o presente artigo traz como objetivo central discutir a relação da técnica (tékhné) com a concepção de homem que se quer formar, à luz das críticas adornianas. Ponderando o imperativo de subverter a ideologia utilitarista da educação, tal reflexão se justifica pela necessidade de compreensão do papel do educador, bem como da instituição escolar, mediante tal avanço nos últimos tempos. Concluindo que esta relação não pode suceder de maneira alienada, acrítica e indiferente, pois uma educação após Auschwitz deve certamente estar receptiva à relevância essencial da tecnologia em um mundo contemporâneo. No entanto, não é o sujeito que está a serviço dela e sim a relação contrária, em que o educando possa valer-se dos recursos tecnológicos como mais uma dimensão do agir humano. Como potente braço prolongado do operari humano, pensada como acontecimento paradigmático na história do ser.

Palavras-chave: Theodor Adorno; tecnologia; educação; professor.

 

TECHNOLOGY, SCIENCE AND THE ROLE OF EDUCATION: A CRITICAL CONSIDERATION OF THEODOR W. ADORNO

Abstract: Considering the advancement of technologies as well as the inseparable duo formed by her and science - and thus tied to education - setting culturally rooted practices in today's society, this paper aims at discussing the relationship of technique (tékhné) with the concept of man constructed in the light of adornian criticism. Given the imperative to subvert the utilitarian ideology of education. Such reflection is justified by the necessity of understanding the role of the educator as well as the school, by this advance in recent times. Concluding that this relationship can not succeed in an alienated, uncritical and indifferent way, since an education after Auschwitz should certainly be receptive to the special importance of technology in a contemporary world. However, it is not the subject who is in her service, but the opposite relationship, in which the student can make use of technological resources as another dimension of human action. A powerful extended arm of human operari, thought as paradigmatic event in the history of being.

Keywords: Theodor Adorno; technology; education; teacher.

 

 

Downloads

Publicado

2012-12-02