Os Avanços Tecnológicos Desumanizam o Ensino Médico?

Autores

  • Hugo Cataud Pacheco Pereira Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Fernanda Antoniollo Hammes de Carvalho Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Daniela Marti Barros Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v1.n1.a1688

Resumo

Resumo: Os recursos tecnológicos são ferramentas que auxiliam docentes e o uso racional desses enriquece a aula, auxiliando os alunos no processo de aprendizagem. Essa perspectiva reflete no ensino médico, o qual necessita se adaptar as novas demandas da educação. Nessa linha de pensamento, no presente artigo, apresentamos a educação médica em cenários pedagógicos distintos em que o uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) auxilia professores no processo de ensino/aprendizagem, interferindo positivamente na  relação entre  aluno, professor e conteúdos. Destacamos ainda, o fato de que o uso das TICs é uma alternativa interessante diante da necessidade de humanizar o ensino médico.

Palavras-chave: Ensino Médico. Recursos Tecnológicos. Desumanização.

 

DO TECHNOLOGICAL ADVANCES DEHUMANIZE MEDICAL TEACHING?

Abstract: The technological resources are tools that help teachers and the rational use of these enriches the classroom, helping students in the learning process. This perspective reflects on medical education, which needs to adapt to the new demands of education. In this line of thought, in this article we present the medical education in different pedagogical scenarios in which the use of Information and Communication Technologies (ICTs) assists teachers in the process of teaching, interfering positively in the relationship between  student, professor and subjects. We highlight the fact that the use of ICTs is an interesting alternative in the face of the need to humanize the medical teaching.

Key words: Medical Teaching. Technological Resources. Dehumanization.



Biografia do Autor

Hugo Cataud Pacheco Pereira, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Professor Adjunto IV (FURG).

Fernanda Antoniollo Hammes de Carvalho, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).  Pós-Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências: Química da Vida e Saúde – PRODOC CAPES da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Daniela Marti Barros, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Doutora em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora
Associada da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Docente do Programa de Pós-Graduação em
Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (FURG).

Downloads

Publicado

2012-05-31