Ações de iniciação à docência (PIBID): as primeiras experiências no ensino de Matemática

  • Giseli Verginia Sonego
  • Sandra Denise Stroschein
  • Raiane Jacqueline Conci
  • Taís Amanda Giovanella Becker
Palavras-chave: Metodologias diferenciadas, Prática docente, Formação, PIBID, Matemática.

Resumo

O presente relato retrata uma breve apresentação das atividades desenvolvidas no subprojeto PIBID – Matemática inserido no campusBento Gonçalves durante o ano de 2017. As ações de iniciação à docência envolveram questões referentes à Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, a números inteiros, a funções do primeiro grau, a raciocínio lógico, à potenciação e à radiciação. Parte das atividades foi realizada com a utilização de materiais concretos e recursos didáticos diferenciados. Além das atividades executadas no educandário, desenvolveram-se dentro do subprojeto a elaboração de materiais didáticos, criação do laboratório de matemática e divulgação das ações através de mídias sociais. Pode-se concluir que as experiências vivenciadas pelos bolsistas de iniciação à docência contribuíram significativamente para a sua formação, proporcionando uma reflexão sobre a prática, devido ao contato com a realidade escolar. Em relação aos estudantes da escola, o programa auxiliou na superação de lacunas de aprendizagem e, com isso, cumpriu de forma satisfatória os seus objetivos.

Referências

CARVALHO, D.L. Metodologia do Ensino de Matemática. 2. ed São Paulo: Cortez Editora, 1994.

D’AMBROSIO, U. Educação Matemática: da teoria a práxis. Coleção Perspectivas em Educação Matemática. Campinas, SP: Papirus, 1996.

PONTE, J.P.; BROCARDO, J. OLIVEIRA, H. Investigações Matemáticas na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

Publicado
2018-12-17
Seção
RELATOS DE EXPERIÊNCIAS