“BiblioFreez”, vamos “leiturar” a vida!

  • Maria Inês Varela Paim IFRS Campus Erechim
Palavras-chave: Incentivo à leitura. Práticas leitoras. Ações culturais. Hábito de ler.

Resumo

Visando criar ações de incentivo à leitura junto às escolas de Erechim, foi desenvolvido o projeto “BIBLIOFREEZ! Vamos LEITURAR a vida. Baseado em demanda verificada no âmbito do IFRS Campus Erechim e com o objetivo de fortalecer o hábito de ler e propor ações de parceria com educadores. Realizou-se um “Dia Cultural” com atividades de leituras, contação de histórias e ainda apresentações musicais, pinturas e brincadeiras envolvendo alunos e educadores ­­da escola selecionada. ­D­­estacou como elemento piloto “BiblioFreez”, uma geladeira customizada que funcionou como estante itinerante, facilitando acesso de alunos ao material, para que estes pudessem fazer leituras, sugestões e dispor de livros de seu interesse, promovendo um ranqueamento das obras conforme acompanhamento das atividades propostas pelo professor. A leitura proporciona um espaço para reflexão, desenvolvendo senso crítico, podendo ocupar um papel formador no ambiente ensino-aprendizagem, possibilitando novos rumos.

Biografia do Autor

Maria Inês Varela Paim, IFRS Campus Erechim
Bibliotecário-Documentalista no IFRS - Campus Erechim.

Referências

CALDIN, Clarice Fotkamp. A função social da leitura da literatura infantil. Encontros Bibli: R. Elet. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, n. 15, 2003. Disponível em:

CHARTIER, Anne-Marie. Como fazer os jovens lerem? In.: RÖSING, Tânia; ZILBERMAN, Regina (Orgs.). Leitura: história e ensino. Porto Alegre-RS: Edelbra, 2016.

COSSON, Rildo. Letramento literário. São Paulo: Contexto, 2006.

ESCOLA e leitura: velha crise, novas alternativas. São Paulo: Global, 2009. (Leitura e formação).

FREIRE, Paulo Reglus Neves. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 51. ed. São Paulo, SP: Cortez, 2011.

JOUVE, Vincent. Por que estudar literatura? São Paulo: Parábola, 2012.

PETIT, Michèle. Os jovens e a leitura: uma nova perspectiva. São Paulo: Editora 34, 2008.

Publicado
2018-12-17
Seção
RELATOS DE EXPERIÊNCIAS