Criar e resolver problemas: habilidades para serem mobilizadas com licenciandos em Matemática

Autores

  • Patrícia Pujol Goulart Carpes Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Campus Itaqui, RS, Brasil
  • Charles Quevedo Carpes Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Campus Itaqui, RS, Brasil https://orcid.org/0000-0002-6070-3803

DOI:

https://doi.org/10.35819/remat2020v6i2id4224

Palavras-chave:

Criação e Resolução de Problemas, Criação de Problemas por Variação e por Elaboração, Habilidades do Professor

Resumo

O presente estudo tem o objetivo de apresentar e discutir uma proposta de ensino que mobilize as habilidades de criação e resolução de problemas com licenciandos em Matemática, com o objeto de conhecimento números racionais, a fim de apresentar ao professor de Matemática, possibilidades de desenvolvimento de algumas habilidades, referente a esse assunto, em sala de aula. Usa-se um roteiro adaptado da literatura para avaliar a capacidade de um grupo de licenciandos para criar problemas por variação e por elaboração. O procedimento de criar novos problemas e resolvê-los, propostos por colegas, foi desenvolvido em dois encontros presenciais com duração de duas horas para cada encontro. Com base nos registros dos participantes e nas observações dos pesquisadores, foi possível verificar que os licenciandos criam novos problemas por variação com modificações superficiais nos enunciados dos problemas iniciais. Além disso, pondera-se que a criação de problemas é uma estratégia importante para estimular a criatividade fortalecendo bom domínio de conceitos matemáticos e didáticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Pujol Goulart Carpes, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Campus Itaqui, RS, Brasil

Licenciada em Matemática, Mestre em Matemática Aplicada e Doutoranda em Ensino de Ciências e Matemática. Professora assistente da Universidade Federal do Pampa - Campus Itaqui (UNIPAMPA).

Charles Quevedo Carpes, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Campus Itaqui, RS, Brasil

Bacharel, Mestre e Doutor em Matemática Aplicada pela UFRGS. Professor da Universidade Federal do Pampa. Atualmente é Pró-reitor da PROGESP da UNIPAMPA.

Referências

ALMEIDA, L. M. W de; VERTUAN, R. E. Discussões sobre “como fazer” modelagem matemática na sala de aula. In: ALMEIDA, L. M. W. de; ARAÚJO, J. de L.; BISOGNIN, E. (Orgs.). Práticas de modelagem matemática: relatos de experiências e propostas pedagógicas. Londrina, PR: Eduel, 2011. p. 19-43.

BARBOSA, J. C. Modelagem na Educação Matemática: contribuições para o debate teórico. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 24, 2001, Caxambu. Anais... Caxambu: ANPED, 2001. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/MATEMATICA/Artigo_Barbosa.pdf. Acesso em: 11 out. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 2017. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_20dez_site.pdf. Acesso em: 24 jan. 2018.

CANCHANYA, J. F. C. Análisis de problemas de adición, sustracción y multiplicación de expresiones decimales, creados por estudiantes del sexto grado de primaria en una experiencia didáctica. 2015, 128f.Tese (Doutorado em Ensino da Matemática) ? Pontificia Universidad Católica del Perú, Escuela de Posgrado, Perú, 2015. Disponível em: http://tesis.pucp.edu.pe/repositorio/bitstream/handle/20.500.12404/6754/CARDENAS_CANCHANYA_JORGE_ANALISIS.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 11 out. 2020.

CARBONELL, J. A aventura de inovar: a mudança na escola. Trad.: MURAD, Fátima. Porto Alegre: Artmed, 2002.

ESTEBAN, M. P. S. Pesquisa qualitativa em educação: fundamentos e tradições. Trad.: CABRERA, Miguel. Porto Alegre: AMGH, 2010.

Guilford, J. P. Creativity: Yesterday, today, and tomorrow. Journal of Creative Behavior. v. 1,n. 1, 1967, p. 3-14 DOI: https://doi.org/10.1002/j.2162-6057.1967.tb00002.x.

JURADO, Uldarico Malaspina. Variaciones de un problema. El caso de un problema de R. Douady. Revista Iberoamericana de Educación Matemática, v. 34, p. 141-149, jun. 2013. Disponível em: http://www.fisem.org/www/union/revistas/2013/34/archivo13.pdf. Acesso em: 12 jun. 2019.

JURADO, Uldarico Malaspina. Papiroflexia y elementos para construir indicadores sobre creación de problemas. Revista Iberoamericana de Educación Matemática. v. 38, p. 135- 141. 2014a. Disponível em: http://www.fisem.org/www/union/revistas/2014/38/archivo12.pdf. Acesso em: 12 jun. 2019.

JURADO, Uldarico Malaspina. Flexibilidad, originalidad y fluidez en la variación de problemas. Revista Iberoamericana de Educación Matemática. v. 39, p. 135-140. 2014b. Disponível em: http://www.fisem.org/www/union/revistas/2014/39/archivo12.pdf. Acesso em: 12 jun. 2019.

JURADO, Uldarico Malaspina. Creación de problemas: sus potencialidades en la enseñanza y aprendizaje de las matemáticas. Cuadernos de Investigación y Formación en Educación Matemática, Costa Rica, ano 11, n. 15, p. 321-331, 2016. Disponível em: https://revistas.ucr.ac.cr/index.php/cifem/article/view/23946. Acesso em: 11 out. 2020.

JURADO, Uldarico Malaspina; VARGAS, Estela Vallejo. Creación de problemas en la docencia e investigación. In: JURADO, Uldarico Malaspina. Reflexiones y Propuestas en Educación Matemática. San Martín de Porres: Editorial Moshera S.R.L., 2014.

MORAN, J. Mudando a educação com metodologias ativas. In: SOUZA, C. A.; MORALES, O. E. T. (Orgs.). Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. Coleção Mídias Contemporâneas, v. II. Ponta Grossa: Foca FotoPROEX/UEPG, p. 15-33, 2015.

MOREIRA, M. A. Abandono da narrativa, ensino centrado no aluno e aprender a aprender criticamente. Ensino, Saúde e Ambiente, Niterói, RJ, v. 4, n. 1, p. 2-7, abr. 2011. Disponível em: https://periodicos.uff.br/ensinosaudeambiente_backup/article/view/14592/9196.

Torrance, E. P. Torrance tests of creative thinking. Princeton: Personnel Pres. Inc., 1966.

Downloads

Publicado

2020-10-16

Como Citar

CARPES, P. P. G.; CARPES, C. Q. Criar e resolver problemas: habilidades para serem mobilizadas com licenciandos em Matemática. REMAT: Revista Eletrônica da Matemática, v. 6, n. 2, p. e2008, 16 out. 2020.

Edição

Seção

Ensino de Matemática