Desenvolvimento de um MOOC para o ensino de Educação Financeira Escolar

  • Alana Blum Saraiva Nunes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) Campus Bento Gonçalves, Bento Gonçalves, RS http://orcid.org/0000-0001-5016-3762
  • Maurício Covolan Rosito Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) Campus Bento Gonçalves, Bento Gonçalves, RS http://orcid.org/0000-0001-5016-3762
Palavras-chave: Educação Matemática, Estudo de Caso, Ensino a distância

Resumo

Este estudo analisa e verifica o potencial pedagógico de um curso MOOC para o ensino de Educação Financeira aos alunos do Ensino Fundamental. Para tanto, este trabalho buscou situar sobre a Educação a Distância e a Educação Financeira no Brasil para, assim, realizar uma análise do potencial pedagógico de um curso MOOC como ferramenta para o ensino de qualidade, gratuito e capaz de romper as barreiras geográficas. O curso foi desenvolvido na plataforma Moodle, disponibilizado pela Reitoria do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, para acesso dos alunos do Ensino Fundamental de todo o Brasil. Os resultados obtidos forneceram indicadores positivos quanto ao número de concluintes, uma vez que o índice superou os números médios deste tipo de modalidade de ensino. Além disso, apesar da modalidade MOOC ser recente na Educação a Distância, observou-se uma boa aceitação por parte dos alunos, que demonstraram interesse em realizar novos cursos com o uso deste recurso.

Biografia do Autor

Alana Blum Saraiva Nunes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) Campus Bento Gonçalves, Bento Gonçalves, RS
Concluiu a Graduação em Licenciatura em Matemática pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul em Março de 2017 e atualmente está cursando na mesma instituição a Especialização em Ensino de Matemática em Educação Básica.
Maurício Covolan Rosito, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) Campus Bento Gonçalves, Bento Gonçalves, RS
Doutor em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), possui mestrado em Ciência da Computação pela PUCRS (2008) e graduação em Bacharelado em Ciências da Computação pela PUCRS (2002). Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Engenharia de Software, atuando principalmente nos seguintes temas: gerência de projetos e processos de desenvolvimento de software. 

Referências

ABED. Censo EAD.BR: relatório analítico da aprendizagem a distância no Brasil 2016. ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância. Curitiba: InterSaberes, 2017.

ARETIO, L. G. Educación a distancia hoy. Madri: Universidad Nacional de Educação a Distância, 1994.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017.

BRASIL. Decreto n° 7.397, de 22 de dezembro de 2010. Institui a Estratégia Nacional de Educação Financeira - ENEF, dispõe sobre a sua gestão e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7397.htm. Acesso em: 24 abr. 2018.

BRASIL. Senado Federal. LDB: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394/1996. Disponível em: http://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdf. Acesso em: 01 jun. 2018.

D’AQUINO, C. Educação financeira: como educar seus filhos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

EKER, T. H. Os segredos da mente milionária. 2005. Trad.: Pedro Jorgensen Junior. Rio de Janeiro: Sextante, 2006.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HEW, K. F.; CHEUNG, W. S. Students’ and instructors’ use of massive open online courses (MOOCs): Motivations and challenges. Educational Research Review, Elsevier BV. v. 12, p.45-58, jun. 2014.

HOFMANN, R. M.; MORO, M. L. F. Educação matemática e educação financeira: perspectivas para a ENEF. Revista de Educação Matemática Zetetiké, Unicamp, v. 20, n. 38. jul./dez. 2012.

ICEF. Rolling out the first large-scale scholarship programmes for MOOCs. 2018. Disponível em: https://monitor.icef.com/2018/03/leading-mooc-provider-announces-full-degree-programmes/. Acesso em: 10 jun. 2018.

KIYOSAKI, R. T. Pai rico, pai pobre: o que os ricos ensinam a seus filhos sobre dinheiro. Trad.: Maria José Cyhlar Monteiro. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

LAKATOS, E. Maria; MARCONI, M. de Andrade. Fundamentos de metodologia científica: Técnicas de pesquisa. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

LUCCI, C. R.; ZERRENNER, S. A.; VERRONE, M. A. G.; SANTOS, S. C. A influência da educação financeira nas decisões de consumo e investimento dos indivíduos. In: Seminário em Administração, 9, 2006, São Paulo. Anais… Disponível em: http://sistema.semead.com.br/9semead/resultado_semead/trabalhosPDF/266.pdf. Acesso em: 18 mar. 2019.

MARTINS, G. A. Estudo de caso: uma estratégia de pesquisa. 2. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2008.

MATTAR, F. N. Pesquisa de marketing. Ed. compactada. São Paulo: Atlas, 1996.

MCAULEY, A.; STEWART, B.; SIEMENS, G.; CORMIER, D. The MOOC Model for Digital Practice. 2010. Disponível em: http://davecormier.com/edblog/wp-content/uploads/MOOC_Final.pdf. Acesso em: 19 jun. 2019.

MOTTA, P. C. Pesquisando a satisfação do consumidor. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Papel Virtual, 2000.

OCDE. PISA: Informe de resultados do PISA 2015. Disponível em: http://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/resultados/2015/pisa_letramento_financeiro_brasil.pdf. Acesso em: 24 abr. 2018.

PINHEIRO, R. P. Educação financeira e previdenciária, a nova fronteira dos fundos de pensão. In: Fundos de Pensão e Mercado de Capitais. Instituto San Tiago Dantas de Direito e Economia, Editora Peixoto Neto. São Paulo, set. 2008. Disponível em: http://www.previdencia.gov.br/arquivos/office/3_090420-113416-244.pdf. Acesso em: 30 maio 2018.

POY, R.; GONZALES-AGUILAR, A. Factores de éxito de los MOOC: algunas consideraciones críticas. Revista Ibérica de Sistemas e Tecnologia da Informação, n. E1, v. 3, p. 95-118, 2014.

SAVOIA, J. R. F.; SAITO, A. T.; SANTANA, F. A. Paradigmas da educação financeira no Brasil. Revista de Administração Pública, v. 41, n. 6, p. 1121-1141, 2007.

SCORTEGAGNA, L.; SILVEIRA, L. F. Massive Open Online Course (MOOC) na Educação Matemática: Possibilidades. Seminário de Investigação em Educação Matemática. 2014. Braga: APM, p. 449-452.

SERASA. Centralização dos Serviços dos Bancos. 2018. Disponível em: https://www.serasaexperian.com.br/sala-de-imprensa/inadimplencia-do-consumidor-inicia-2018-em-queda-revela-serasa. Acesso em: 20 abr. 2018.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

SICILIANI, I. Elaboração, aplicação e avaliação de um Curso Online Aberto e Massivo (MOOC) interdisciplinar entre Física e Matemática. 2016. 127 f. Dissertação (Mestrado Profissional) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

VARDI, M. Y. Will MOOCs destroy academia? Communications of the Association for Computing Machinery, v. 55, n. 11, p. 5, nov. 2012.

Publicado
2019-07-01
Seção
Matemática em Contextos Técnicos e/ou Tecnológicos