Francês on-line na pandemia: memes como ferramenta de ensino-aprendizagem

Autores

  • Brenda Balbinotti Universidade Federal de Santa Catarina
  • Keren Coimbra Fagundes Universidade Federal de Santa Catarina
  • Bruna Brito Soares Universidade Federal de Santa Catarina
  • Sara Farias da Silva UFSC e UDEM pesquisadora

DOI:

https://doi.org/10.35819/linguatec.v6.n1.4959

Resumo

Articulando ensino-aprendizagem de Francês Língua Estrangeira (FLE) com as novas tecnologias no cenário da pandemia de Covid-19, pretendemos apresentar neste artigo as (novas) práticas do ensino-aprendizagem do francês com ênfase no perfil do professor de FLE e o uso de memes nas aulas de francês on-line. A motivação para essa pesquisa se deu em razão de duas questões primordiais: o aumento da procura por aulas remotas de FLE e a necessidade do professor de FLE de se reinventar diante do distanciamento social devido à pandemia. A pesquisa qualitativa foi realizada entre março e agosto de 2020 e contou com a aplicação de um questionário on-line, via Google Forms, que teve como objetivo principal realizar um recorte do perfil desse professor de FLE que está trabalhando com o ensino remoto e verificar o uso dos memes como ferramenta de ensino no processo de elaboração dessas aulas. O artigo apresenta, portanto, uma reflexão sobre as novas práticas do ensino-aprendizagem de FLE no contexto da pandemia iniciada em 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Brenda Balbinotti, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Letras-Francês Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente é professora do Curso Extracurricular de Francês da UFSC com interesse em Linguística e Literatura Francesa.

Keren Coimbra Fagundes, Universidade Federal de Santa Catarina

Formada em Gastronomia. Atualmente graduanda em Letras-Francês pela UFSC e professora no Curso Extracurricular de Francês da UFSC e na escola de idiomas Cultura Francesa . Interesse em ensino de francês como língua estrangeira.

Bruna Brito Soares, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestra em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina. Possui graduação - licenciatura e bacharelado - em Letras-Italiano e atualmente é doutoranda em Estudos da Tradução e graduanda de Letras-Francês também pela Universidade Federal de Santa Catarina. Interesse em Literatura Italiana, Literatura Francesa e Tradução.

Sara Farias da Silva, UFSC e UDEM pesquisadora

Doutora em Linguística. Universidade Federal de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2021-06-17

Edição

Seção

Artigos Acadêmicos