O empoderamento de mulheres no processo de ensino-aprendizagem de Inglês Instrumental: análise de interações em um grupo do WhatsApp durante a criação de uma propaganda de coletor menstrual

Autores

  • Vanessa Moreno Mota

DOI:

https://doi.org/10.35819/linguatec.v5.n2.4599

Resumo

O processo de ensino-aprendizagem de Inglês Instrumental deve levar em consideração as necessidades dos estudantes (ROSSINI; BELMONTE, 2015), de forma que levem em consideração os aspectos socioculturais, para que eles possam se comunicar através de diferentes gêneros discursivos (ROJO; BARBOSA, 2015) em diferentes práticas sociais (MOITA-LOPES, 2006). Este artigo tem como objetivo discutir sobre o empoderamento das mulheres (BERTH, 2019; RIBEIRO, 2018; 2019), em Inglês Instrumental, durante a criação de uma propaganda antirracista e antissexista por três mulheres, que são estudantes de um curso técnico em Administração. Os dados foram gerados em um grupo do aplicativo WhatsApp, no qual as estudantes negociaram a criação da propaganda de uma marca de coletores menstruais chamada de “The Same”. Os resultados apontam que o papel das mulheres na sociedade abordado em sala de aula, bem como o uso do WhatsApp — um espaço de afinidade (GEE; HAYES, 2012) —, contribuíram para que as estudantes pudessem elaborar uma propaganda de um coletor menstrual, que é uma alternativa aos absorventes descartáveis, que seja sustentável e libertadora para as mulheres (GAYBOR, 2019), de forma que possa contribuir para o direito à higiene menstrual e para o empoderamento feminino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-11-20

Edição

Seção

Artigos Acadêmicos