O uso do Duolingo no ensino de língua inglesa em curso técnico de nível médio integrado

  • Samuel de Carvalho Lima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte
  • Kássio Roberto Brito Soares Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Ensino. Inglês. Duolingo.

Resumo

Neste trabalho, apresentamos a narrativa de ensino com o uso do aplicativo Duolingo em aulas de língua inglesa em uma turma de 4o ano do Curso Técnico de Nível Médio Integrado em Meio Ambiente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, campus Ipanguaçu. Fundamentados nas concepções do m-learning, nossa intervenção pedagógica foi realizada em 7 encontros presenciais no ano de 2017, totalizando 12h/a. Nossa experiência contou com a participação de 31 alunos com idades entre 17 e 19 anos e integrou o uso de smartphones e os componentes curriculares previstos no Projeto Pedagógico de Curso (PPC). O êxito da nossa experiência se reflete no interesse imediato dos alunos pela possibilidade de aprender inglês utilizando um aplicativo que se assemelha a um jogo, o que pode ser corroborado pelas anotações no diário reflexivo feitas pelo professor. Concluímos que o Duolingo pode se configurar uma ferramenta de suporte ao ensino de gramática e vocabulário em língua inglesa, quando em seu uso estiver previsto o planejamento que considere os interesses dos alunos e os objetivos da disciplina.

Biografia do Autor

Samuel de Carvalho Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte
Pós-doutor em Ciências da Educação pela Universidade do Minho. Doutor em Linguística pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino (POSENSINO) e do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (PROFEPT).
Kássio Roberto Brito Soares, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte
Professor de Língua Inglesa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). Possui graduação em Letras com habilitação em Língua Inglesa e Literatura da Língua Inglesa (2002) e especialização em Ensino de Língua Inglesa (2008) pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Mestre (2018) em Ensino pelo Programa de Pós-graduação em Ensino (POSENSINO), da associação UERN/UFERSA/IFRN.

Referências

DAMIANI, M. F. Sobre pesquisas do tipo intervenção – painel: as pesquisas do tipo intervenção e sua importância para a produção de teoria educacional. IN: XVI ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 2012, CAMPINAS. Anais do XVI Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino. Campinas: UNICAMP, 2012. p. 2882-2890.

GEDDES, S. J. Mobile learning in the 21st century: benefit to learners. Knowledge Tree e-journal, v. 30, n. 3, p. 214–228, 2004.

GUERRA, W. T. Ensino de inglês para fins específicos e multiletramentos na oferta técnica da escola pública. 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino) – Programa de Pós-Graduação em Ensino (UERN, UFERSA, IFRN), Instituto Federal do Rio Grande do Norte, Mossoró, 2017.

KENSKI, V. M. Educação e Tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas: Papirus, 2007.

MOURA, A. M. C. Apropriação do telemóvel como ferramenta de mediação em mobile learning: estudo de caso em contexto educativo. 2010. Tese (Doutorado em Ciências da Educação) – Universidade do Minho, Braga, 2010.

SACCOL, A.; SCHLEMMER, E.; BARBOSA, J. M-learning e u-learning: novas perspectivas da aprendizagem móvel e ubíqua. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011.

SHARMA, S. K. et al. Web services model for mobile, distance and distributed learning using service-oriented architecture. International Journal of Mobile Communications, 4 (2), p. 178-192, 2006.

SILVA, G. M. O ensino de inglês em turmas numerosas: uma proposta de ensino da pronúncia em cursos técnicos de nível médio do Instituto Federal do Rio Grande do Norte. 2018. Dissertação (Mestrado em Ensino) – Programa de Pós-Graduação em Ensino (UERN, UFERSA, IFRN), Instituto Federal do Rio Grande do Norte, Mossoró, 2018.

Publicado
2019-06-20
Seção
Narrativas de ensino