Quando a produção textual e o ensino de literatura ultrapassam as fronteiras escolares: uma experiência pedagógica no Colégio Técnico Industrial de Santa Maria

  • Romário Volk Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Produção textual, Literatura, Ação social

Resumo

Esta narrativa tem o objetivo de expor as etapas e os resultados de um conjunto de atividades pedagógicas realizadas no Colégio Técnico Industrial de Santa Maria (Ctism), de abril a dezembro de 2017. Os eventos que são narrados desenvolveram-se a partir das práticas de Estágio Supervisionado em Língua Portuguesa e suas literaturas, disciplina obrigatória do Curso de Letras-Português da UFSM. Dois alunos estagiários, a partir de seus projetos de estágio, conduziram, juntamente com duas professoras da área de linguagens do Ctism, um projeto de produção textual de textos literários, o qual, vinculado aos projetos de estágio, possibilitou que os alunos dos 1º, 2º e 3º anos do Curso Proeja – Técnico em Eletromecânica, produzissem, respectivamente, crônicas, um diário compartilhado, poemas e microcontos (estes últimos em língua espanhola) e, posteriormente, publicassem um livro que reúne as produções. O lançamento do livro ocorreu em um evento aberto à comunidade santa-mariense, o que contribuiu para que os alunos-autores percebessem o caráter humanizador dos textos literários e a escrita como forma de ação social, muito mais do que uma tarefa realizada com finalidades escolares.

Biografia do Autor

Romário Volk, Universidade Federal de Santa Maria
Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa e suas respectivas literaturas (Licenciatura) pela Universidade Federal de Santa Maria. Atualmente é mestrando em Letras - Estudos linguísticos, linha de pesquisa Linguagem no contexto social, pela mesma instituição.

Referências

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Orientações curriculares para o ensino médio: linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, 2006.

COSSON, R. Letramento literário: teoria e prática. 2. ed. 6 re. São Paulo: Contexto, 2016.

HOLZSCHUCH, G.J.; BAZZAN, M. A. T. (Orgs.). Retratos do que vejo. 1. ed. Santa Maria: UFSM, 2017.

RUIZ, E. D. Como corrigir redação na escola: uma proposta textual-interativa. 1.ed. 1 re. São Paulo: Contexto, 2010.

Publicado
2019-06-20
Seção
Narrativas de ensino