Programa residência pedagógica: a rádio como ferramenta de ensino de ciências em tempos de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v11.n2.a6064

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar os resultados da elaboração de um programa de rádio sobre ciências voltado a desenvolver conteúdos pertinentes ao Ensino Fundamental II como forma de atenuar o impacto da pandemia sobre os alunos da educação básica de três escolas públicas de Uruguaiana (RS). Em decorrência da pandemia de COVID-19 no ano de 2020, as atividades curriculares presenciais tiveram de ser suspensas em nível nacional, provocando mudanças drásticas nos métodos de ensino e forçando professores e alunos a se adaptarem a esta nova realidade. Como forma de contornar as dificuldades encontradas no Ensino Remoto Emergencial, o grupo de residentes do curso de Ciências da Natureza – Licenciatura da Unipampa (Campus Uruguaiana) trouxe a proposta da apresentação de um programa de rádio sobre assuntos pertinentes ao estudo das Ciências da Natureza, que foi ao ar em uma rádio local. O programa, denominado “Ciência na Residência”, foi concluído com 18 episódios construídos com base no método de simulação de conversa do tipo improviso estruturado entre os participantes e visou entregar informações de qualidade para os alunos e para a comunidade em geral.

Palavras-chave: Docência orientada. Ensino. Ciências da Natureza. Ensino Remoto.

Biografia do Autor

Stefânia Graces Mignone, Universidade Federal do Pampa - Unipampa

Licencianda do curso Ciências da Natureza - Licenciatura na Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) - campus Uruguaiana, iniciei o curso em 2018. Membro da Iniciação Científica desde 2018, trabalho no projeto de pesquisa "Estudo de aglomerados estelares utilizando dados ESO-VVV: diagramas cor-magnitude e estrutura" sob a orientação da professora Dra. Eliade Ferreira Lima (2018-atual). Sou bolsista voluntária do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Prática de Ensino (GIPPE). Atuo na divulgação da Astronomia para a comunidade como membro do Clube de Astronomia da Unipampa-Uruguaiana (2018-atual), de onde participo desde que iniciei a graduação atuando em diferentes eventos como feiras de ciências e visitas didáticas à escolas da região. Atualmente, residente do Programa Residência Pedagógica, subprojeto Ciências, biologia, química, Física e matemática, na escola Cabo Luis Quevedo-Uruguaiana. Tenho interesse nos seguintes temas: astrofísica estelar, formação estelar, evolução estelar, astrobiologia, ciências planetárias, física geral, biologia geral.

Carla Beatriz Spohr, Universidade Federal do Pampa - Unipampa

Licenciada em matemática e física pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (1996), especialista no ensino de física pela Universidade de Passo Fundo (1998), mestre em ensino de física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008) e doutora em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria (2018). Possui vasta experiência na educação básica como docente e gestora. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Ensino de Física, atua principalmente nos seguintes temas: ensino de física, ensino de ciências da natureza, interdisciplinaridade, aprendizagem significativa, formação docente, inovação pedagógica. Atua como docente e coordenadora do curso de Ciências da Natureza - Licenciatura na Universidade Federal do Pampa campus Uruguaiana (Unipampa/Uruguaiana). Participa do Programa de Residência Pedagógica como orientadora do núcleo de Física e Química na Unipampa/Uruguaiana. Faz parte do corpo docente do Programa de Pós Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Unipampa/Uruguaiana.

Andriélli Vilanova de Carvalho, Universidade Federal do Pampa - Unipampa

Graduada em Ciências Biológicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, (PUCRS) , em 2009, Licenciatura e Bacharelado, com Especialização em Licenciamento, Gestão e Auditoria Ambiental pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) em 2012. Desenvolveu trabalhos sobre a Avaliação de Qualidade da água em Arroios através dos Macroinvertebrados Bentônicos como Bioindicadores. Professora na rede Municipal de Ensino, membro do GENSQ ( Grupo de Estudos em Nutrição, Saúde e Qualidade de Vida) desde de 2016 na Universidade Federal do Pampa -UNIPAMPA Uruguaiana. Desenvolve atividades Eco- Educacionais , Palestras , Oficinas pedagógicas , Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos e Consultoria Ambiental. Atualmente é Mestranda no programa de Pós Graduação em Educação em Ciências Química da Vida e Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria - RS.

Jean Rodrigo Thomaz, Universidade Federal do Pampa - Unipampa

Licenciado em Ciências da Natureza pela Universidade Federal do Pampa, com formação sanduíche na Loyola University Chicago, especialista em Gestão Escolar: Supervisão e Orientação e mestrando em Ensino de Ciências. Professor de Ciências da Educação Básica na rede municipal de ensino de Uruguaiana, RS e preceptor do Programa Residência Pedagógica, núcleo física/química. Tem experiência na área de Educação com ênfase em Educação em Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: formação acadêmico-profissional, reflexão do planejamento, interdisciplinaridade, corpo, gênero e sexualidade.

Downloads

Publicado

2022-12-07

Como Citar

GRACES MIGNONE, S.; SPOHR, C. B.; VILANOVA DE CARVALHO, A.; THOMAZ, J. R. Programa residência pedagógica: a rádio como ferramenta de ensino de ciências em tempos de pandemia. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 11, n. 2, 2022. DOI: 10.35819/tear.v11.n2.a6064. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/6064. Acesso em: 31 jan. 2023.