Alfabetização científica na educação infantil: estado da arte de publicações atuais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v10.n1.a4838

Resumo

Resumo: Este artigo resulta da pesquisa de doutorado em desenvolvimento sobre propostas interdisciplinares para a Educação Infantil (EI) voltadas à promoção da Alfabetização Científica (AC). O objetivo é apresentar o mapeamento de trabalhos produzido sobre os temas, utilizando diferentes descritores e períodos, com consulta ao repositório de trabalhos da Capes, denominado de Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) (2000–2018), aos artigos publicados na revista Ensaio – Pesquisa em Educação em Ciências (Revista Ensaio)  (2015–2019) e trabalhos em quatro edições do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPEC) (2011–2017). A pesquisa de abordagem bibliográfica selecionou 23 trabalhos, sendo três na BDTD, um na Revista Ensaio e 19 nos anais do ENPEC, evidenciando que as áreas pesquisadas são incipientes nas bases de dados, mas trazem contribuições significativas para a promoção da AC.

Palavras-chave: Alfabetização Científica. Educação Infantil. Estado da Arte. 

Biografia do Autor

Lia Heberlê de Almeida Pastorio, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Mestra (2017) e doutorado em andamento em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Docente da rede pública municipal de São Gabriel/RS (desde 2013). Graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia (2010) pela Universidade da Região da Campanha (URCAMP). Especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação Aplicadas à Educação (2012) e em Mídias na Educação (2015) pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Membro do Grupo de Pesquisa e Estudos em Educação do Campo e Ciências da Natureza (GPEEC Natureza – UFRGS).

Elenize Rangel Nicoletti, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

Doutora (2017) e Mestra (2013) em Educação em Ciências e Licenciada em Ciências Biológicas (2010) pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Professora Adjunta na Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) – Campus Caçapava do Sul/RS. Membro do Grupo de Pesquisa e Estudos em Educação do Campo e Ciências da Natureza (GPEEC Natureza – UFRGS).

José Vicente Lima Robaina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Professor Adjunto na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS – Campus Porto Alegre), do curso de Educação do Campo: Licenciatura em Ciências da Natureza e do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde. Coordenador de área do subprojeto PIBID do Curso de educação do Campo - Ciências da Natureza (UFRGS – Campus Porto Alegre) e coordenador do Grupo de Pesquisa e Estudos em Educação do Campo e Ciências da Natureza (GPEEC Natureza – UFRGS). Pós-Doutor em Educação e Educação do Campo pela UFRGS (2017). Doutor em Educação pela UNISINOS (2007). Mestre em Educação (1996) e Especialista em Educação Química pela UFRGS (1990). Graduado em Licenciatura Curta em Ciências (1982), Graduado em Licenciatura Plena em Química (1985) e Especialista em Toxicologia Aplicada (1987) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Downloads

Publicado

2021-07-05

Como Citar

HEBERLÊ DE ALMEIDA PASTORIO, L.; RANGEL NICOLETTI, E.; LIMA ROBAINA, J. V. . Alfabetização científica na educação infantil: estado da arte de publicações atuais. #Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 10, n. 1, 2021. DOI: 10.35819/tear.v10.n1.a4838. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/4838. Acesso em: 16 out. 2021.