O uso de modelos matemáticos na engenharia para discussão de questões sociocientíficas: variáveis sociais e humanas

Autores

  • Stefane Layana Gaffuri
  • Leandro Bordin
  • Paula Civiero
  • Walter Antonio Bazzo

DOI:

https://doi.org/10.35819/tear.v9.n1.a4005

Resumo

Resumo: O artigo tem como objeto de estudo o modelo gaussiano de dispersão de poluentes atmosféricos, usualmente praticado no ensino de engenharia. Para além das técnicas, busca-se discutir as questões sociocientíficas ao considerar as variáveis sociais e humanas que constituem tal modelo, com o objetivo de conduzir o estudante a uma visão crítica na identificação e resolução de problemas. Este estudo faz uso de conceitos matemáticos, físicos e químicos, sendo um trabalho interdisciplinar entre as ciências básicas. O modelo em questão equaciona variáveis técnicas e, com isso, proporciona aos futuros profissionais a possibilidade de simular o comportamento da nuvem de dispersão de acordo com a alteração de qualquer uma dessas variáveis. Decisões podem ser tomadas a partir de mudanças de cenário e, portanto, a engenharia cumpre com seu papel de resolver problemas, como na indústria que, no seu fazer produtivo e tecnológico, causa um problema ambiental para a sociedade. Por isso, conclui-se ser necessário desvelar as variáveis contemporâneas que compõem esse modelo ao debater sobre as implicações sociais da tecnociência que estão imbricadas na resolução deste. Trabalhar nessa perspectiva é explorar ao máximo o potencial da matemática na educação em engenharia.

Palavras-chave: Matemática. Engenharia. Questões sociocientíficas. Variáveis contemporâneas.

Downloads

Publicado

2020-07-02