Implantação de sistema biológico de tratamento de efluentes como ferramenta para a educação ambiental em escolas

Autores

  • Thalita Gabriella Zimmermann IFRS Campus Vacaria
  • Vanderlei Nestor Koefender
  • Simone Piton Lancini

Palavras-chave:

Água, Aguapé, Fitorremediação, Jardim filtrante, Macrófita

Resumo

O objetivo desse projeto indissociável de ensino, pesquisa e extensão foi construir em uma escola um sistema de tratamento de efluentes com plantas macrófitas, e através da fitorremediação desenvolver um projeto de educação ambiental. O projeto foi implementado na Escola Municipal João Becker da Silva, localizada na zona rural do município de Vacaria. Antes da instalação do sistema, foi explicado para os estudantes do nono ano como este iria funcionar e a importância da fitorremediação. Os tubos com o efluente já estavam conectados a uma fossa, que posteriormente desaguava em um tanque. Para instalar o sistema, ocorreu aumento das medidas do tanque, sendo este conectado a um ““córrego””, que foi construído com 15 m de comprimento. No tanque e no “córrego” foram implantadas a macrófita aguapé (Eichhornia crassipes), com função de filtrar o efluente. No final do ““córrego”” foi construído um jardim filtrante, com cinco espécies vegetais, em que o efluente tratado foi direcionado. Os estudantes auxiliarem na implantação das plantas no tanque, no “córrego” e no jardim filtrante. Através deste sistema de fitorremediação, os professores poderão realizar atividades interdisciplinares, que terão como principal objetivo mostrar a importância da preservação dos recursos hídricos, auxiliando na formação cidadã dos estudantes.

Downloads

Publicado

2021-06-22

Edição

Seção

RELATOS DE EXPERIÊNCIAS