STEM Geek: aprendizagem além das salas de aula

Autores

  • Flávia Santos Twardowski Pinto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Osório. Osório, RS
  • Romero Assis de Oliveira
  • Cláudius Jardel Soares

Palavras-chave:

Extensão, Iniciação científica, STEM, Ciência, Aprendizagem criativa

Resumo

A iniciação científica durante o período escolar e? uma atividade de suma importância para a formação de jovens pesquisadores, uma vez que fornece ao estudante a oportunidade de vivenciar a aplicação de diversos conceitos vistos em sala de aula. Por isso, é considerada uma rica experiência, pois ele poderá complementar sua formação e se preparar para a vida profissional e acadêmica. O projeto STEM Geek teve como objetivo proporcionar aos estudantes um contato com a aprendizagem ativa através da ciência, da tecnologia, da engenharia e da matemática (STEM). A ação atendeu, no ano de 2018, 64 estudantes do IFRS e de escolas do litoral norte gaúcho. A metodologia utilizada foi composta por encontros semanais, com atividades práticas e exposições teóricas além de compartilhamento dos resultados. O projeto se consolida como precursor no desenvolvimento de atividades interativas, visto que estabelece uma troca de saberes entre os estudantes de forma interdisciplinar.

Referências

BEHRENS, Marilda Aparecida. O paradigma emergente e a pra?tica pedago?gica. 3. ed. Curitiba: Champagnat, 2003.
DEMO, Pedro. Pesquisa: princi?pio cienti?fico e educativo. 7. ed. Sa?o Paulo: Cortez, 2000.
KUENZER, Aca?cia Zeneida (org.). Ensino me?dio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 4. ed. Sa?o Paulo: Cortez, 2005.
PIMENTEL, V. Morel01.jpg. 2018. Altura: 1370 pixels. Largura: 1432 pixels. 2,7MB. Formato JPEG. Pendrive.

Downloads

Publicado

2020-08-10

Edição

Seção

RELATOS DE EXPERIÊNCIAS