Fisiologia e filosofia das emoções

Otávio Daros

Resumo


Este relato busca apresentar, de modo sintético e multidisciplinar, as percepções que cinco pesquisadores, de diferentes áreas de estudo, possuem de uma mesma palavra: a emoção. As ideias foram articuladas por meio de entrevistas realizadas com profissionais que atuam no campo da bioquímica (Daniel Pens Gelain, professor da UFRGS), neurologia (André Palmini, PUCRS), psiquiatria (Flávio Kapczinski, da UFRGS), filosofia (Francisco Rüdiger, PUCRS e UFRGS) e sociologia (Raquel Weiss, da UFRGS). O objetivo deste trabalho é mostrar os distanciamentos e as articulações possíveis entre um conjunto de ciências, partindo de um mesmo objeto, isto é, as emoções. Trata-se de uma tentativa de desenvolver um breve estudo multidisciplinar acerca das emoções; dar caráter científico para uma palavra bastante usada no cotidiano dos brasileiros e que nele recebe diversos significados e valores. A socióloga Raquel Weiss indica, no final do artigo, que a compaixão é o sentimento-chave para o desenvolvimento da sociedade atual. 


Palavras-chave


emoção; fisiologia; filosofia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Capa · Sobre · Pesquisa · Atual · Anteriores

ScientiaTec: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia do IFRS

Rua Cel. Vicente, 281 | Bairro Centro | CEP 90.030-041 | Porto Alegre/RS

E-mail: revista.scientiatec@poa.ifrs.edu.br

 

Licença Creative Commons

Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 

Apoio: Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPPI) do IFRS.