Resíduos sólidos no Parque Moinhos de Vento, Porto Alegre/RS

Magali da Silva Rodrigues, Elisabeth Ibi Frimm Krieger, Lúcia Caroline Jahn Cornely

Resumo


O Parque Moinhos de Vento é um dos principais parques da capital gaúcha. Recebendo porto-alegrenses e visitantes de outras localidades, este fluxo de pessoas é responsável pela geração de quantidade significativa de resíduos sólidos. Os resíduos sólidos são uma conseqüência da atividade humana. É possível perceber o aumento dos impactos referentes ao acúmulo de resíduos em ambientes naturais. Neste contexto, diz que os resíduos são um dos problemas mais graves da humanidade e desta sociedade que se caracteriza pelo consumismo excessivo. Buscou-se neste trabalho, uma compreensão da produção de resíduos sólidos para que observasse o seu caminho dentro do parque: caracterização, segregação, quantificação e destinação final. Para tal procedeu-se uma visita ao parque no dia 30 de setembro de 2013, para analisar os resíduos produzidos nos dias 28 e 29 anteriores a visita. Em razão da quantidade dos resíduos sólidos gerados no período ter sido razoável, os mesmos foram analisados em sua totalidade não usando a técnica de quarteamento. Os resíduos sólidos gerados foram separados em 11 categorias, sendo registrados o volume e a massa dos mesmos. Verificou-se grande quantidade de fezes de animais, resíduo classe I (perigoso), grande quantidade de embalagem de preservativos e alimentos etiquetados de forma diferenciada. 

 


Palavras-chave


Parque Moinhos de Vento; Resíduos; Ambientes Naturais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Capa · Sobre · Pesquisa · Atual · Anteriores

ScientiaTec: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia do IFRS

Rua Cel. Vicente, 281 | Bairro Centro | CEP 90.030-041 | Porto Alegre/RS

E-mail: revista.scientiatec@poa.ifrs.edu.br 

 

Apoio: Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPPI) do IFRS.