Letramento político e digital na escola: mediação de leitura com o uso de political remix

  • Hellen Boton Gandin Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
  • Ana Paula Teixeira Porto Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões

Resumo

A formação de leitores é desafio para a educação brasileira, visto que a maioria da população não possui o hábito da leitura nem é leitora proficiente. Para reduzir esse cenário, as práticas mediadores de leitura devem ser repensadas, a fim de atrair os alunos ao mundo da leitura e também os inserir em práticas inovadoras, nas quais pode haver a presença de tecnologias digitais de informação e comunicação, já que os alunos de hoje estão desde cedo familiarizados com o mundo da tecnologia. Diante disso, este trabalho tem por objetivo apresentar algumas possibilidades de práticas de mediação de leitura por meio da produção audiovisual political remix, visando ao letramento político e à maior habilidade de leitura proficiente. Para isso, a investigação está fundamentada em estudos bibliográficos que contemplam autores como Roger Chartier e Tania Rösing acerca da formação de leitores; já no âmbito do letramento apresenta-se as concepções dadas por Roxane Rojo. Além da análise bibliográfica, o trabalho analisa documentos como: Base Nacional Comum Curricular, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional como também a Matriz de Referência do ENEM e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica que norteiam o ensino básico do país. O desenvolvimento da proposta revela que o processo de formação de leitores pode ser revitalizado com uso interativo de gêneros audiovisuais como o political remix, para o qual se exigem uma habilidade de leitura e um diálogo com dispositivos digitais, tornando o processo formativo mais próximo de interesses de jovens estudantes. A pesquisa aponta os letramentos político e digital como uma abordagem necessária para a formação cidadã e como um fator importante no desenvolvimento do leitor e da leitura crítica.

Biografia do Autor

Ana Paula Teixeira Porto, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões

Doutora em Literatura Brasileira (UFRGS), docente da Graduação em Letras e do Programa de Pós-Graduação em Letras, Mestrado – Literatura Comparada, da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões/Frederico Westphalen. 

Publicado
2019-11-19
Seção
Artigos Acadêmicos