Projeto integrador e processo de (res)significação do ensino de literatura: experiência em um curso de administração integrado ao médio

  • Luciane Senna Ferreira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Osório. Osório, RS

Resumo

A presente narrativa parte da experiência do projeto desenvolvido com estudantes do terceiro ano do Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio, no primeiro e segundo trimestre letivo/2019, no Instituto Federal do Rio Grande do Sul/Campus Osório/RS, envolvendo disciplinas de Língua Portuguesa e Literatura, Artes e Marketing. Privilegiou-se o texto literário como partida para um conjunto de atividades que contemplaram habilidades de leitura, produção oral e escrita, criação artística e divulgação da produção final à comunidade interna e externa ao campus. Para a construção do projeto, adotaram-se as perspectivas de Filipouski & Marchi (2009) sobre o trabalho com o texto literário pautado por ações de construção de sentidos, e de Simões (2012), de que leitura é interação dialógica e produções textuais são atividades sociointerativas. Os estudos de Schmidt (1995; 2008) e Dalcastagnè (2005; 2012), sobre o cânone literário como espaço que consagra uma literatura sem marcas sociais da diferença, favorecendo o silenciamento das vozes de negros e mulheres, e o apagamento das obras de autoria feminina, orientaram a escolha do romance centro do projeto, Úrsula, de Maria Firmina dos Reis. Os resultados da proposta contribuíram para pensar numa experiência integradora e num processo de (res) significação do ensino de literatura.

Biografia do Autor

Luciane Senna Ferreira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Osório. Osório, RS
Docente de Letras no IFRS-Campus Osório, mestre em Literatura.
Publicado
2019-11-19
Seção
Narrativas de ensino