Língua, variação e livro didático: análise da abordagem da variação linguística em manuais didáticos do Ensino Médio

Rafael Petermann, Luiz Henrique Alves

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar de que maneira os livros didáticos voltados para o Ensino Médio abordam as questões de variação linguística, verificando se, ao tratarem da temática, a concepção de língua como prática social é subjacente à abordagem do livro didático. Para tanto, este artigo está organizado em três seções: na primeira, é apresentado um levantamento bibliográfico a fim de sistematizar o conceito de língua como prática social a partir de repertório teórico produzido na égide da Linguística Aplicada; na segunda, é descrita a coleta de dados para constituição do corpus, que se trata de três livros didáticos adotados em escolas públicas do interior do Paraná do PNLD 2015-2017, com foco para as unidades didáticas que tratam de Variação Linguística; por fim, na terceira, é exposto o exercício analítico, articulando os conceitos discutidos na fundamentação teórica e o corpus de análise. Em termos de resultados, foi constatado que o conceito de língua subjacente nesses manuais didáticos reitera a ideologia da padronização, entendendo as variedades linguísticas como “desvios de um padrão”. Espera-se que este estudo contribua como uma interlocução pedagógica que traga à tona reflexão a respeito da compreensão e legitimação de língua como prática social na sala de aula e o papel da escola no ensino de línguas.

Palavras-chave


variação linguística; livro didático; ensino de língua portuguesa

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Emília; FERREIRA, Mauro; LEITE, Ricardo; ANTÔNIO, Severino. Novas Palavras, 1º ano: ensino médio. 1.ed. São Paulo: FTD, 2010.

BAGNO, M. (orgs). Políticas da Norma e Conflitos Linguísticos. São Paulo: Parábola, 2011.

BAGNO, Marcos. Preconceito Linguístico. 56ª ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2015.

CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: Linguagens, volume 1 - 9. ed. - São Paulo: Saraiva, 2013.

CÉSAR, América L.; CAVALCANTI, Marilda C. Do Singular ao multifacetado: o conceito de língua como caleidoscópio. São Paulo: Mercado de Letras, 2007.

FERRAREZI JR, C. Pedagogia do silenciamento: a escola brasileira e o ensino de língua materna. São Paulo: Parábola Editorial, 2014.

JUNG, N. M. A variação linguística e o texto na sala de aula. 1.ed. Maringá: UEM, 2010.

MENEGASSI, R. J.; SANTOS A. R.; RITTER L. C. B. Concepções de Linguagem e Ensino. 1.ed. Maringá: UEM, 2010.

MILROY, J. Ideologias linguísticas e as consequências da padronização. In. LAGARES, R.C.;

RAMOS, Rogério de Araújo. Ser Protagonista - Língua portuguesa, volume 1. 2ª ed. São Paulo: SM, 2013.

ZILLES, Ana M. S.; FARACO, Carlos A. Pedagogia da variação linguística. 1.ed. São Paulo: Parábola Editorial, abril de 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores

  

 

LínguaTec, Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul, Brasil