A compreensão da multiplicação como adição de parcelas iguais por meio de jogo em sala de aula

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35819/remat2021v7i1id4634

Palavras-chave:

Multiplicação de Números Naturais, Ensino-Aprendizagem, Educação Matemática

Resumo

O objetivo principal deste artigo é discutir, com base em uma atividade, como a prática de jogos no ensino pode enriquecer a compreensão e a aprendizagem da multiplicação de números naturais em turmas de 5º ano do Ensino Fundamental. Buscamos também analisar como as interações de maneira colaborativa nessa ação podem favorecer a aprendizagem dos estudantes. A prática com um jogo foi realizada por meio de uma sequência didática, na proposta da pesquisa-ensino, na qual a pesquisadora investiga a própria prática. Realizou-se um diálogo com os estudantes antes da execução das atividades e, posteriormente, foram explicadas as regras do jogo e desenvolvida a sequência. A reflexão das ações e resultados mostra a existência de compartilhamento de conhecimentos e experiências, o que favoreceu aprendizados de maneira significativa. O uso do jogo evidenciou que a interação propiciada em seu desenvolvimento, leva a uma melhor compreensão da multiplicação como a soma de partes iguais, bem como o entendimento de que a comutatividade estaria vinculada a uma mudança na situação apresentada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucinéia Barbosa da Silva, Secretaria Municipal de Educação (SMED/BH), Belo Horizonte, MG, Brasil

Samira Zaidan, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Faculdade de Educação, Belo Horizonte, MG, Brasil

Referências

BIGODE, A. J. L.; FRANT, J. B. Multiplicação: ideias e conceitos - representações que ajudam a entender as ideias multiplicativas. In: BIGODE, Antônio José Lopes; FRANT, J. B. Matemática: soluções para dez desafios do professor. 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental. 1. ed. São Paulo: Ática Educadores, 2011.

BIGODE, A. J. L.; GIMENEZ, J. Os significados dos números e das operações. In: BIGODE, Antônio José Lopes; GIMENEZ, Joaquin. Metodologia para o ensino de Aritmética: competência numérica no cotidiano. São Paulo: FTD, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Jogos na Alfabetização Matemática. Brasília: MEC/SEB, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Pró-Letramento: programa de formação continuada de professores dos anos/séries iniciais do Ensino Fundamental - Matemática. Brasília: MEC/SEB, 2007.

CARAÇA, Bento de Jesus. O problema da contagem. In: CARAÇA, Bento de Jesus. Conceitos Fundamentais da Matemática. Lisboa: Gradiva, 1998.

CARRAHER, T. N.; CAMPOS, T. M. M.; MAGINA, S.; BRYANT, P. As estruturas multiplicativas: avaliando e promovendo o desenvolvimento dos conceitos de multiplicação e divisão em sala de aula. In: CARRAHER, T. N.; CAMPOS, T. M. M.; MAGINA, S.; BRYANT, P. Introdução à Educação Matemática: os números e as operações numéricas. São Paulo: Cortez, 2005.

CARRAHER, T. N. O desenvolvimento mental e o sistema numérico decimal. In: CARRAHER, T. N. (Org.). Aprender pensando: contribuições da psicologia cognitiva para a educação. Petrópolis: Vozes, 1994.

CAVALCANTI, C. T. Diferentes formas de resolver problemas. In. SMOLE, K. S.; DINIZ, M. I. (Orgs.). Ler, escrever e resolver problemas: habilidades básicas para aprender Matemática. Porto Alegre: Artmed, 2001.

CENTURIÓN, M. Números e operações: conteúdo e metodologia da Matemática. São Paulo: Editora Scipione, 1994.

CONTI, K. C; LONGO, C. A. C. Resolver problemas e pensar a Matemática. In: CONTI, K. C.; LONGO, C. A. C.(Orgs.). Resolver problemas e pensar a matemática. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2017.

LOPES, L. P. da M. O novo ethos dos letramentos digitais: modos de construir sentido, revolução das relações e performances identitárias fluidas. In: SIGNORINI, I.; FIAD, R. S. Ensino de língua: das reformas, das inquietações e dos desafios. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

MOREIRA, P. C.; DAVID, M. M. M. S. O conhecimento sobre os números e a prática docente na escola básica. In: MOREIRA, P. C.; DAVID, M. M. M. S. A formação matemática do professor: licenciatura e prática docente escolar. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

NACARATO, A. M.; MENGALI, B. L. da S.; PASSOS, C. L. B. A matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental: tecendo fios do ensinar e do aprender. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.

PENTEADO, H. D.; GARRIDO, E. (Orgs.). Pesquisa-ensino: A comunicação escolar na formação do professor. São Paulo: Paulinas, 2010.

RAMOS, L. F. A construção conceitual das operações. In: RAMOS, L. F. Conversas sobre números, ações e operações: uma proposta criativa para o ensino da Matemática nos primeiros anos. São Paulo: Ática, 2009.

SMOLE, K. C. S.; DINIZ, M. I. Ler e aprender Matemática. In: SMOLE, K. C. S.; DINIZ, M. I. (Orgs.). Ler, escrever e resolver problemas: habilidades básicas para aprender Matemática. Porto Alegre: Artmed, 2001.

Downloads

Publicado

2021-05-24

Como Citar

SILVA, L. B. DA; ZAIDAN, S. A compreensão da multiplicação como adição de parcelas iguais por meio de jogo em sala de aula. REMAT: Revista Eletrônica da Matemática, v. 7, n. 1, p. e2009, 24 maio 2021.

Edição

Seção

Educação Matemática